Publicidade:

Tom Carroll, aos 60 anos, quebrando de biquilha

Bicampeão mundial, o australiano Tom Carroll, indiscutivelmente, está entre os maiores nomes do surf nos anos 1980.

No final da década, Carroll era praticamente imbatível e redefiniu a forma de surfar a onda de Pipeline.

Uma carreira de sucesso e um talento muito acima da média que poderiam ter ido mais longe não fosse o abuso de álcool e drogas ilícitas, que quase levaram o campeão à lona e são contados de forma magistral, por seu irmão, o jornalista Nick Carroll, no livro “TC – Tom Carroll”.

Veja também:

Entrada de Caio Ibelli e as mudanças em Pipe com a saída de Medina

As 5 melhores ondas de Haleiwa na Tríplice Coroa

Tríplice Coroa 2022: John John e Carissa Moore campeões

Mas Tom conseguiu dar a volta por cima e retomar as rédeas de sua vida, mantendo-se ativo e influenciando gerações.

De mente aberta, ele sempre praticou e dominou a técnica de diferentes vertentes do surf, como o stand up paddle, tow-in e hydrofoil.

Além disso, o cara é muito gente boa e talvez por esse motivo, receba convites a todo momento para participar de eventos, lives e testes de equipamentos.

Neste vídeo, à convite do canal Onboard Store, ele testa uma biquilha 6’6”, modelo T&C Pin Byrner e mostra que aos 60 anos, continua quebrando. Luca Elder junta-se ao veterano para a sessão que você confere abaixo:

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias