Publicidade:

Surfista sobrevive a ataque de grande tubarão-branco na Califórnia

O surfista Eric Steinley está se recuperando no hospital depois de ter sido atacado por um grande tubarão branco em Bodega Bay, cidade localizada ao norte da Califórnia (EUA).

Steinley, 38 anos, disse à reportagem do canal ABC News que estava em sua prancha de surf no outside de Salmon Creek Beach quando sentiu uma forte mordida em sua perna:

Eu estava com muita dor e não parava de pensar, sabe, ou vou perder minha perna ou vou morrer”, disse o surfista. “Eu simplesmente senti uma coisa pesada me puxando e foi como uma cinta em volta da minha perna. E fomos debaixo d’água juntos em câmera lenta”, relatou.

Veja também:

+ Teahupo’o com locais: assista ao espetáculo

+ Como o Yoga pode ajudar surfistas a tratar dores crônicas

+ Blomfield e Tudor celebram tricampeonato mundial de longboard

Outro surfista que estava perto do ataque, Jared Davis, disse que viu “A barbatana de um grande tubarão”.

Enquanto isso, Steinley conta que em um ato de puro desespero em busca da sobrevivência, passou a desferir socos contra o tubarão:

Eu soquei essa coisa com força e cortei minha mão. Mas foi um golpe tão miserável em comparação com o tamanho da criatura”, explicou.

surfista tubarão-branco california
Steinley em entrevista à ABC News: “Ainda não acredito que estou vivo”. Foto: Reprodução

Contudo, o tubarão afrouxou sua mordida e Steinley conseguiu se desvencilhar e então alertou aos outros surfistas no lineup:

“Dizia‘tubarão!’,‘fora!’, e pedia por socorro”, lembrou.

Ferido, Steinley contou que remou por cinco minutos até chegar à areia.

Comecei a ver manchas e então pensei que não iria conseguir”, disse ele.

Na areia, percebeu que havia perdido muito sangue e então ouviu de outros surfistas para não olhar a sua perna.

Eles diziam para eu não olhar a minha perna e seguir em frente”.

Então foi feito um torniquete improvisado com o próprio leash da prancha para ajudar a estancar o sangramento.

Todos os surfistas que estavam comigo na água saíram juntos e pegaram um longboard que serviu de maca”, disse Steinley. O grupo “me conduziu escada acima, economizando tempo para quando a ambulância chegasse”.

Timothy Saluzzom, um paramédico que estava no local, disse que os cuidados que Steinley recebeu antes de sua chegada “realmente ajudaram a salvar sua perna”.

O Departamento de Pesca e Vida Selvagem da Califórnia confirmou que era um grande tubarão-branco, com pelo menos três metros de comprimento.

Steinley está fora da UTI após passar por duas cirurgias e terá uma longa recuperação pela frente. Embora as sequelas da mordida possivelmente comprometerão a mobilidade de sua perna, ele disse que quer voltar para a prancha pelo menos mais uma vez.

Ainda quero fazer parte desse estilo de vida”, explicou Steinley. “Estou muito grato … e ainda não acredito que estou vivo”.

Com informações de ABC News.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias