24.7 C
Hale‘iwa
quarta-feira, 28 fevereiro, 2024
24.7 C
Hale‘iwa
quarta-feira, 28 fevereiro, 2024

Surf Junkie Club anuncia parcerias

A menos de duas semanas da abertura oficial das vendas para o público, o Surf Junkie Club (SJC) apresentou as primeiras experiências, collabs e benefícios que estão sendo desenvolvidos pelo projeto, os chamados DROPS. O SJC anunciou ainda os primeiros atletas profissionais e personalidades do surfe que já aderiram ao clube e farão parte da limitada comunidade detentora dos 4 mil títulos de membro do clube.

As experiências do Surf Junkie Club serão disponibilizadas para compra exclusivamente para os membros, e busca criar momentos inesquecíveis ao lado de lendas do esporte e nos principais picos de surfe do mundo.

Conheça abaixo as experiências e collabs sendo criadas:

  • Um dia clássico na piscina de ondas
  • Rolê de jet em Nazaré com ondas gigantes
  • Surftrip para Macaronis na Indonésia
  • Athlete Training Center – Allan Menache
  • Mindfulness of Breathing – Rafael Kroeff
  • Collab Billabong
  • Collab Pyzel
  • Collab Garmin
  • Collab Bully’s
  • Parceria Star Point
  • Parceria SurfMappers

Surf Junkie Club

UM DIA CLÁSSICO NA PISCINA DE ONDAS: Neste drop, os membros do Surf Junkie Club poderão surfar em uma piscina de ondas ao lado de um ídolo, com quem irão interagir, aprender técnicas, além de pegar ondas perfeitas, promovendo uma experiência única.

Um dos desejos mais latentes na comunidade do surf em 2023 é ‘experimentar a onda da piscina’. Depois que o Kelly Slater lançou o ‘Surf Ranch’ nos EUA, começou uma febre global. Novas tecnologias e empreendimentos estão sendo lançados em vários países, mas a barreira de entrada ainda é muito alta. Estamos desenvolvendo a primeira experiência em uma dessas piscinas há mais de um ano e ela vai ser uma das principais referências do que somos capazes de fazer com a força da comunidade. Quando os membros chegarem após o dia 21 de março vamos compartilhar todas as possibilidades, formatos e ideias para que os membros participem deste processo”, garante Felipe Baracchini, fundador e gerente geral do SJC.

ROLÊ DE JET SKI NAS ONDAS GIGANTES DE NAZARÉ COM DE ALEMÃO DE MARESIAS: reconhecido na comunidade do surfe como um dos maiores especialistas em ondas gigantes do mundo, Alemão foi destaque na série “A onda de 100 pés” da HBO e foi responsável por projetar a entrada do surfista Sebastian Steudtner na onda gigante que lhe garantiu o recorde mundial no Guinness de maior onda já surfada.

+ Boas ondas abrem o LayBack Pro QS 3000, na Praia Mole

Nesta experiência única, os membros do Surf Junkies que adquirirem esse drop poderão ver de perto as ondas gigantes de Nazaré em um jet ski pilotado por um dos mais respeitados pilotos de tow-in do mundo.

“Será uma experiência singular, muito especial. Alguns poucos amigos que eu tive a oportunidade de levar ficaram fascinados, é a realização de um sonho. Ver a onda de Nazaré quebrando do cliff já é uma coisa fascinante. Estando dentro do mar, sentindo a potência da onda, é outro patamar, outro nível de adrenalina. A galera vai sair do mar chorando, emocionados de terem vivenciado aquilo”, explicou Alemão.

SURF TRIP AO MACARONIS RESORT, NA INDONÉSIA: Um dos melhores picos de onda do mundo, o Macaronis Resort receberá os Surf Junkies para uma experiência dos sonhos, que além de surfar em uma das mais desejadas ondas da Indonésia, participarão de experiências desenvolvidas especialmente para eles, como a interação com lendas e surfistas profissionais, análise da performance nas ondas, além de uma cobertura audiovisual especial por profissionais renomados do surf.

O acesso diferenciado e as experiências que os Junkies terão neste paraíso do surfe está em total sintonia com um dos propósitos do Macaronis: ser um ambiente de união para surfistas do mundo todo. É muito gratificante poder ser sócio e responsável pela segurança jurídica deste importante negócio”, afirmou Natan Baril, um dos fundadores do SJC e sócio do Macaronis.

COLLABS SURF JUNKIE CLUB

Além das experiências exclusivas, os membros do Surf Junkie Club terão acesso também a collabs de produtos em edição limitada e benefícios especiais com as marcas parceiras do projeto, como Billabong, Pyzel e Garmin. E isso é só o começo.

+ Pan-American Soul: Equador Agora Sim

Com a Billabong, a ideia é desenvolver uma collab com muito estilo e personalidade. Já a Pyzel, o foco é oferecer acesso em primeira mão a novos modelos de pranchas com condições especiais de compra, bem como uma consultoria diferenciada com a equipe da Pyzel para os que desejam encomendar um equipamento personalizado com a arte do seu Surf Junkie.

O Surf Junkie Club tem um modelo de negócio arrojado e inovador, absolutamente alinhado aos valores da Pyzel. Acreditamos que, juntos, podemos conectar a comunidade do surfe para cumprir a nossa missão, que vai muito além de entregar pranchas aos nossos clientes, posto que o nosso propósito é entregar equipamentos que permitam a eles não somente evoluírem os seus níveis de surfe, mas, sobretudo, tirar proveito de uma cadeia de benefícios por meio da qual marcas, surfistas e a sociedade em geral colaborarem para fortalecer a comunidade, o mercado e a indústria do surfe, de maneira responsável e eficiente. Foi com esse propósito que ingressamos no Junkie Surf Club”, afirmou Geraldo Motta Filho, CEO da Pyzel Brasil.

Por sua vez, a Garmin planeja uma collab customizando o “Instinct 2 Solar – Surf Edition”, um smartwatch que além de monitor cardíaco e GPS, ajuda os surfistas a pegar onda por mais tempo, informa os dados das marés, registra as sessões de surf e oferece experiências integradas com o Surfline, referência global em previsão de ondas e conteúdos sobre surf do mundo.

A parceria entre a Garmin e o Surf Junkie Club pode ter uma grande importância para estimular aumentar a visibilidade do surfe, uma vez que a Garmin é uma empresa conhecida por seus produtos relacionados a atividades ao ar livre e esportes, e o Surf Junkie Club é uma comunidade de surfistas apaixonados pelo esporte. Com a colaboração entre as duas empresas, é possível que mais pessoas sejam expostas ao mundo do surfe e se interessem por praticá-lo”.

A Garmin já produz diversos equipamentos para esportes aquáticos, como relógios GPS com métricas específicas para a modalidade, dispositivos de rastreamento e sensores de atividade, como por exemplo, a conexão com câmeras Surfline em vários locais do mundo em que o surfista pode ativar a captação do seu surf direto do seu relógio Garmin Instinct 2 Surf.

Outro ponto importante é que a parceria pode ajudar a promover o surfe como um estilo de vida saudável e sustentável. O Surf Junkie Club é uma comunidade que valoriza a preservação do meio ambiente e o respeito pela natureza, valores que são muito importantes para os surfistas. Ao trabalharem juntas, a Garmin e o Surf Junkie Club podem ajudar a disseminar esses valores e conscientizar mais pessoas sobre a importância de cuidar do planeta”, afirmou Daniele Rocha, Gerente de Produto GARMIN no Brasil.

UTILIDADES E BENEFÍCIOS PARA VIVER O SURF AO MÁXIMO

Surf Junkie Club
Além de sócio-fundador do projeto, Marcello Serpa assina todas as 4 mil artes digitais que servem como carteirinha de acesso ao clube. Foto: Reprodução

Além de curtir experiências e collabs irados, os membros do Surf Junkie Club terão acesso a benefícios e utilidades exclusivas, para viver o surfe em sua totalidade.

Os Surf Junkies terão benefícios exclusivos com o Athlete Training Center, comandado por Allan Menache, treinador tricampeão mundial de surf com o brasileiro Gabriel Medina, uma das maiores celebridades do esporte.

O Surf Junkie Club está chegando com muitas novidades para a comunidade surf e eu estou super engajado nesse projeto, pois quero proporcionar aos membros todo meu conhecimento em treinar surfistas de todos os níveis, para pegar altas ondas ao redor do globo terrestre!”, confirmou Allan Menache.

O surf exige muito foco para viver o momento, gerando uma conexão com o mar e com nós mesmos. Por isso, os membros terão um acesso especial ao big rider brasileiro Rafael Kroeff e ao curso ‘Mindfullness of Breathing’, que leva sua técnica a grandes nomes do esporte, como o brasileiro surfista de ondas gigantes Carlos Burle e o australiano Jack Robinson, que é atualmente um dos atletas mais competitivos no circuito mundial de surf.

Trabalho treinando a mente e o corpo de atletas profissionais e amadores amantes e viciados em surf, assim como eu, e o Surf Junkie Club tem uma proposta que se identifica totalmente com o meu trabalho, ele foi desenvolvido por surfistas, para surfistas. Acredito muito no potencial desse projeto, que visa criar oportunidades únicas e exclusivas para a galera do surf. Be cool under pressure e quilha na caveira” Rafael Kroeff.

Outra parceria promissora confirmada é com o SurfMappers, uma plataforma também desenvolvida por brasileiros que conecta surfistas e fotógrafos. Os benefícios dessa união serão divulgados em breve, após o dia de venda.

A SurfMappers acredita no potencial e na paixão que o surfe desperta em sua comunidade. Compor este clube e fazer parte do movimento ao lado de grandes atletas e marcas está muito alinhado aos propósitos da SurfMapper”, explicou Washington Barreto, Head de Growth Marketing da SurfMappers.

Os membros do clube contarão ainda com vantagens exclusivas em uma das maiores e tradicionais surf shops do Brasil, a Star Point. “O Surf Junkie Club será uma forma de proporcionar experiências e acesso a produtos que somente a força de um clube de pessoas com os mesmos interesses pode proporcionar, e isto está muito alinhado com o propósito da Star Point desde sua fundação em 1982”, afirma Dimitrius “Tucano” Nassyrios, fundador da Star Point.

Para aproveitar ao máximo as oportunidades que o surf pode oferecer, é fundamental ter acesso a equipamentos e acessórios de qualidade e confiança. A marca BULLY’s entrega segurança, tecnologia e soluções criativas para quem gosta de viajar o mundo pegando onda. Através dessa parceria, os Surf Junkies vão ter a oportunidade de personalizar produtos como leashes, capas e acessórios de surf com condições especiais.

A Bullys é uma marca que sempre apostou na inovação. É com esse mesmo conceito que resolvemos apoiar esse projeto Surf Junkies, que foi criado para conectar a comunidade do surf da mesma forma que os nossos leashes unem o surfista à sua prancha”, afirmou Paulo Nemr, sócio-fundador da Bully’s.

Essas são as primeiras confirmações de experiências e collabs antes mesmo da abertura oficial de venda dos títulos. Além do acesso ao catálogo dos DROPS, os membros do SJC possuem ainda os direitos autorais e comerciais exclusivos sobre a sua arte digital, acesso a reuniões periódicas com os fundadores para criação e sugestão de experiências e parcerias que ofereçam utilidades e benefícios para surfistas.

QUEM JÁ ADERIU AO SURF JUNKIE CLUB

Além dos atletas e marcas envolvidos com os DROPS do SJC, muitos surfistas profissionais e personalidades da comunidade estão confirmados entre os membros do clube. Na turma de ondas grandes puxada por Alemão de Maresias, nomes como Carlos Burle, Rodrigo Koxa, Haroldo Ambrósio, Everaldo Pato, Michelle Des Bouillons e Ian Consenza já estão garantidos.

Na elite do surf profissional, os membros do SJC estarão ao lado de atletas como Luana Silva, Willian Cardoso (Panda), Bruno Santos, Lucas Silveira, Marco Giorgi e de promessas como Ryan Kainalo e Bela Nalu.

Isso significa que você vai ser sócio do mesmo clube de surf que toda essa galera e muitos outros que serão anunciados em breve.

COMO SER UM SURF JUNKIE

Para se tornar membro, os interessados devem adquirir no dia 21 de março pelo menos um “Surf Junkie”, representado por uma arte digital colecionável. São apenas 4 mil títulos, o que representa apenas 0,01% dos surfistas do mundo.

As vendas serão realizadas em duas (2) fases no site oficial do clube: a 1º fase (pré-venda) ficará aberta por poucas horas e oferece um preço fixado em US$ 40 (aprox. R$ 200*) + taxas, com possibilidade de comprar até dez (10) “Surf Junkies” por carteira digital, possibilitando que todos os títulos do clube possam ser vendidos nesta fase. Para aproveitar esta condição, os interessados devem ingressar na comunidade do SJC no Telegram e/ou Discord para solicitar uma vaga na ‘Lista de Prioridade’ (WL) e aumentar as suas chances de fazer parte do clube de surf dos sonhos.

Já a venda aberta ao público para quem chegar de última hora, será no valor de US$ 60 (aprox. R$ 300*) + taxas com limite de até seis (6) “Surf Junkies” por carteira. Ainda não foi revelado oficialmente o tempo de duração total de venda, que para projetos desse tipo geralmente acontece em 24 horas.

Ao efetuar a compra utilizando moeda crypto, paga-se uma taxa de 7% para a rede Ethereum, onde as artes digitais (Surf Junkies NFTs) estão registradas. Para quem ainda não está familiarizado com o tema, o clube oferece a opção de pagamento via PIX, com uma taxa adicional de mais 5% (totalizando 12% de taxas), por se tratar de um meio de pagamento que facilita a compra de cripto ativos.

É um meio de pagamento que vai ajudar as pessoas interessadas no Surf Junkie Club que até então não tiveram nenhum tipo de contato com o mundo de criptomoedas e NFTs. Em todas as coleções que essa solução foi oferecida, mais de 70% dos membros que compraram os NFTs não tinham nenhum contato anterior com esse mundo”, comenta Rodrigo Caggiano, diretor de desenvolvimento de novos produtos na Mobiup.

Vale lembrar que após o MINT (cunhagem) dia 21 de março, os interessados só vão conseguir comprar o Surf Junkie NFT no mercado secundário, ou seja, fazendo propostas aos membros que tenham interesse em vender o seu Surf Junkie junto com todos os benefícios e utilidades. Entretanto, isso poderá demorar muito tempo e os valores de revenda serem superiores ao do MINT, podendo custar bem caro.”

* Valores aproximados de acordo com a cotação da moeda no dia da compra.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias