Publicidade:

SSXP Pro reúne melhores do Brasil em Saquarema

Após a passagem da etapa brasileira do WSL Championship Tour, encerrada na terça-feira na Praia de Itaúna, a Capital Nacional do Surf vai sediar mais um grande campeonato na próxima semana: SSXP Pro apresentado pela Prefeitura de Saquarema

A estrutura do evento já está pronta na Praia da Vila, para receber mais de 200 surfistas nesta segunda etapa do milionário Circuito Profissional da Confederação Brasileira de Surf (CBSurf).

São 176 participantes na categoria masculina e 36 na feminina, todos já escalados para disputar a premiação recorde de 280.000 Reais, oferecida em cada etapa profissional este ano.

Essa é apenas uma das muitas inovações que estão sendo implantadas pela nova diretoria da CBSurf, comandada pelo presidente Teco Padaratz, que por muitos anos defendeu o Brasil na divisão de elite do surfe mundial.

SSXP Pro
Tainá Hickel. Foto: Pablo Jacinto

O Circuito Brasileiro Profissional foi inaugurado com grande sucesso em Maceió e dois surfistas da nova geração largaram na frente na corrida pelos títulos da temporada, o potiguar Mateus Sena e a catarinense Tainá Hinckel. A segunda batalha por pontos nos rankings, começa na segunda-feira na Capital Nacional do Surf.

A programação do SSXP – SuperSurf Experience é realizar 24 baterias de 20 minutos em cada um dos quatro primeiros dias. Os 176 inscritos na categoria masculina foram divididos em três fases de 24 baterias. São 80 escalados na primeira, que será disputada na segunda-feira. Os dois melhores em cada, avançam para enfrentar os 48 pré-classificados que entrarão na segunda fase, na terça-feira. E na quarta-feira, estreiam os 48 principais cabeças de chave já na terceira fase da competição, como os finalistas em Alagoas, Mateus Sena e Messias Felix.

Veja também:

Barton Lynch: “WSL disse que não precisa de mim”

Saquarema: como nasceu o Maracanã do Surfe?

Melhores momentos do Rio Pro 2022

Na categoria feminina, todas as 36 inscritas no SSXP Saquarema Pro foram divididas nas 12 baterias da primeira fase. Elas vão abrir a quinta-feira, último dia com 24 confrontos sendo disputados desde as 8h00 até as 16h00 na Praia da Vila. Após as 12 baterias da rodada inicial feminina, serão realizadas as 12 da quarta fase masculina, envolvendo os que passaram pela batalha dos classificados nas triagens com os principais cabeças de chave do evento.

Nesta lista dos 48 cabeças de chave da terceira fase do SSXP Pro está a maioria dos surfistas que se destacaram na abertura do Circuito Profissional da CBSurf de 2022. Como o vencedor da etapa de Alagoas, Mateus Sena na 13.a bateria, o vice e bicampeão brasileiro, Messias Felix, na 12.a, os terceiros colocados Alex Ribeiro na 1.a e Samuel Igo na 24.a e os que perderam nas quartas de final em Maceió, Yage Araujo na 5.a bateria, Gabriel Klaussner na 8.a e Hizunomê Bettero na 20.a.

SSXP Pro
Mateus Sena. Foto: Pablo Jacinto

Na categoria feminina, a campeã em Maceió, Tainá Hinckel, está escalada na primeira bateria e a vice-campeã, Mariana Areno, na 12.a e última da primeira fase. Mas, a grande atração é a duas vezes vice-campeã mundial, Silvana Lima, que vai estrear na nona bateria, com Natalie Plachi e Pamella Silva. Outras duas surfistas que já têm títulos brasileiros profissionais no currículo, como Silvana, estão juntas na terceira bateria, Suelen Naraisa e Larissa dos Santos.

LUCAS CHUMBO – As competições na Capital Nacional do Surf sempre acontecem nas ondas de Itaúna, mas o SSXP Saquarema Pro vai apresentar outro pico da cidade com grande potencial. Certamente, a maioria dos surfistas nunca competiu na Praia da Vila e todos terão uma outra visão até da Igrejinha de Nossa Senhora de Nazaré, do lado esquerdo dela. Uma das atrações do primeiro dia, será a participação de um grande astro do surfe mundial, o local de Saquarema, campeão mundial de ondas gigantes, Lucas Chumbo Chianca.

Ele está escalado na 16.a bateria a entrar no mar na segunda-feira, com dois surfistas da nova geração brasileira, Patrick Plachi e Cauet Frazão. Já o confronto que vai inaugurar o SSXP – SuperSurf Experience – Pro será disputado por Luã da Silveira, Tamaê Bettero e Anderson Silva Pikachu. Todas as baterias são formadas por até quatro competidores, com os dois melhores avançando para a próxima fase. Nesta rodada inicial, quem ficar em terceiro lugar, termina em 145.o no evento marcando 150 pontos no ranking da CBSurf. Os quartos colocados ficam na 169.a posição com apenas 120 pontos.

IGUALDADE NA PREMIAÇÃO – A CBSurf – Confederação Brasileira de Surf – está realizando esse ano, o Circuito Brasileiro Profissional mais rico de todos os tempos e com igualdade na premiação das duas categorias. A campeã na etapa de Maceió, Tainá Hinckel, ganhou os mesmos 30.000 Reais recebidos por Mateus Sena, assim como Messias Felix e Mariana Areno embolsaram 15.000 Reais pelo vice-campeonato. Essa mesma premiação será oferecida aos finalistas na Capital Nacional do Surf.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias