28 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024
28 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024

Shaka pode se tornar o gesto oficial do Havaí

Legisladores havaianos estão avançando em um projeto de lei que pode garantir um status oficial para um dos gestos mais icônicos e calorosos do arquipélago: o shaka. O sinal de mão mundialmente famoso e muito usado por surfistas, que representa uma série de mensagens positivas, está prestes a ser reconhecido como a saudação oficial do Havaí.

“É uma iniciativa simples, mas significativa”, disse o Senador Estadual do Havaí, Glenn Wakai, um dos apoiadores do projeto de lei. “Ele captura o que é especial sobre o Havaí. Acredito que há grande valor no espírito positivo incorporado no shaka.”

A ideia de oficializar o gesto surgiu de Steve Sue, cineasta que produziu o documentário “Shaka, uma história de Aloha“. “Percebi que há um grande ativo latente aqui para o estado que não está realmente sendo protegido”, disse Sue. “O shaka é um símbolo do Havaí. E podemos compartilhar muito aloha ao redor do mundo apenas trazendo à luz o que o shaka significa, os valores que estão penetrados nesse símbolo e os significados culturais e históricos que foram acrescentados a ele.”

As origens do shaka são incertas, com várias teorias e lendas. Uma das histórias mais conhecidas o atribui a Hamana Kalili, um pescador e trabalhador de uma usina de açúcar que perdeu seus dedos do meio em um acidente. Kalili teria começado a usar o símbolo para se comunicar, e ele se tornou popular entre os locais.

Os descendentes de Kalili apoiaram o projeto de lei, vendo-o como uma forma de homenagear o legado de seu antepassado e preservar a história e o significado do gesto.

“Nosso tataravô, Hamana Kalili, foi o originador do shaka”, disse Mailani Maka’ina’i, musicista de Oahu. “Depois que sua mão ficou presa em uma máquina no trabalho, ele perdeu seus três dedos médios. Apenas seu polegar e mindinho restaram. Então, quando ele dizia ‘oi’ e ‘tchau’ para acenar, parecia o shaka.”

Símbolo da cultura havaiana, o gesto, com o polegar e o mindinho estendidos enquanto os outros dedos estão curvados, é usado tanto como saudação quanto como forma de expressar gratidão ou simplesmente transmitir um sentimento positivo. Sua popularidade se estende além do Havaí, sendo reconhecido e usado por pessoas em todo o mundo.

No Brasil, o símbolo também se tornou o logotipo de marca de surfwear, a Hang Loose, que foi fundada pelo visionário empresário Alfio Lagnado. Com mais de 40 anos de história, a marca ajudou a popularizar o sinal de mão no país.

“O shaka é um símbolo de felicidade e aloha”, disse o Senador Wakai. “O mundo precisa ser elevado por este gesto de bondade.”

Embora alguns tenham criticado o projeto de lei como uma perda de tempo, parte da população havaiana enxerga a iniciativa como um importante reconhecimento para e história e cultura do Havaí.

“Esta não é a legislação mais monumental”, disse o Senador Wakai. “Não estamos melhorando a saúde, não estamos obtendo resultados educacionais melhores. Mas eu acho que é importante capturar o que é especial sobre o Havaí.”

+ Portuguesa envolvida em polêmica no Mundial da ISA pede desculpas

Com o projeto de lei, que foi aprovado e encaminhado à mesa do governador, o shaka se torna o primeiro gesto oficial de um estado nos Estados Unidos. Além de reconhecê-lo como um símbolo oficial, o projeto de lei também inclui instruções sobre como fazê-lo corretamente e pedem a criação de uma exposição pública sobre a história do shaka.

“Não podemos permitir que outro local se aproprie de algo que se originou nestas ilhas”, disse o senador Wakai. “A Califórnia proclamou o surf como seu esporte oficial do estado em 2019. Eu não queria vê-los – ou outro estado – recebendo o crédito pelo shaka.”

 

 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias