28 C
Papeete
sexta-feira, 19 julho, 2024
28 C
Papeete
sexta-feira, 19 julho, 2024

Rip Curl Pro Bells Beach começa bem para brasileiros

O Rip Curl Pro Bells Beach, etapa nº 4 Championship Tour (CT) de 2023, começou nesta quinta-feira (06) – noite de quarta-feira no Brasil – na onda de Winki Pop, pico ao lado de Bells Beach, sede do evento, proporcionando aos melhores surfistas do mundo ondas com até um metro e formação regular. O dia foi marcado pela conclusão das primeiras rodadas masculinas e femininas.

O estresse do iminente corte da metade da temporada acabou levando alguns competidores a encontrar o sucesso, enquanto outros sucumbiram à pressão. Felizmente, todos os brasileiros, garantiram vagas no Round 3, com destaque para Michael Rodrigues fazendo uma excelente bateria contra Jordy Smith (AFR) e Callum Robson (AUS).

+ Miguel Pupo está fora de Bells Beach e preocupa torcida

Tatiana Weston-Webb, única brasileira na categoria feminina, no entanto, acabou ficando na terceira colocação em sua bateria contra Caroline Marks (EUA) e Isabella Nichols (AUS), mas terá uma nova chance na fase de repescagem.

A atual número 1 do mundo, Molly Picklum (AUS), tornou-se a primeira mulher a passar no corte da metade da temporada com sua vitória na primeira rodada. A veterana do circuito Sally Fitzgibbons (AUS), a oito vezes campeã mundial Stephanie Gilmore (AUS) e o japonês Kanoa Igarashi (JPN) se destacaram, vencendo seus confrontos na primeira rodada com as maiores pontuações do dia.

Brasileiros avançam

Yago Dora vence duelo brazuca contra Samuel Pupo que também avançou para a terceira fase. Foto: Ed Sloane/World Surf League)

Apesar de ser o favorito, Filipe Toledo teve uma estreia difícil em Bells Beach. O campeão mundial de 2022 enfrentou o australiano Owen Wright e o havaiano Ian Gentil e conseguiu a onda da classificação (5.47) apenas a três minutos do fim. Com 11.24 pontos, Toledo passou em segundo lugar, ficando atrás de Owen, que fez 12.84. Ian Gentil, que teve 10.36 de pontuação, foi eliminado e terá que disputar a repescagem.

O quarto colocado no ranking, Caio Ibelli, foi o primeiro brasileiro a competir em Bells. O paulista competiu na bateria 4 contra o australiano Ryan Callinan e o havaiano Ezekiel Lau. Caio passou em segundo lugar com 10.94 pontos. Ryan Callinan somou 13.27 pontos e passou em primeiro lugar. Ezekiel Lau fez apenas 10.34 e terá que disputar a repescagem.

+ Galera põe pra baixo em Joaquina faixa preta

João Chianca, o Chumbinho, também passou em segundo lugar na sua bateria, com direito a uma virada na última onda (assista ao vídeo abaixo). O surfista natural de Saquarema-RJ somou 11.67 em confronto com o sul-africano Matthew McGillivray e o australiano Dylan Moffat. Moffat venceu com 12.33, enquanto McGillivray terminou em terceiro lugar com 10.84.

Filipinho teve que suar a lycra, mas também conseguiu avançar direto para o round três. Foto: Ed Sloane/World Surf League)

Atual campeão mundial, Filipe Toledo, que entrou na água logo em seguida,  teve uma estreia difícil em Bells Beach. Filipe enfrentou o australiano Owen Wright e o havaiano Ian Gentil e conseguiu a onda da classificação (5.47) apenas a três minutos do fim. Com 11.24 pontos, Toledo passou em segundo lugar, ficando atrás de Owen, que fez 12.84. Ian Gentil, que teve 10.36 de pontuação, foi eliminado e terá que disputar a repescagem.

Italo Ferreira avançou em segundo lugar na sua bateria visando se aproximar do top-5. O campeão olímpico fez 10.80 pontos, ficando atrás apenas do vencedor do confronto, o americano Kolohe Andino, que fez 11.64. Com apenas 10.00 pontos, o australiano Connor O’Leary terá que disputar a repescagem.

+ Quem leva o prêmio de pior vaca do Brasil?

Na bateria seguinte, Michael Rodrigues passou em primeiro lugar, vencendo o confronto que tinha o sul-africano Jordry Smith e o australiano Callum Robson como concorrentes. Michael somou 14.47 pontos contra 12.47 de Jordy e 11.93 de Callum, que foi eliminado e terá que disputar a repescagem.

No único confronto entre brasileiros no round 1, Yago Dora e Samuel Pupo avançaram juntos para o round 3. Yago venceu a bateria com 13.83 pontos. Samuel terminou em segundo lugar com 13.67. O americano Jake Marshall somou apenas 10.00 pontos e foi eliminado.

Fechando a participação 100% brasileira no round 1 masculino, Gabriel Medina conseguiu a classificação direta para o round 3 ao ficar em segundo lugar na sua bateria. O tricampeão mundial somou 13.00 pontos, sendo superado apenas pelo japonês Kanoa Igarashi, que fez 16.40. Liam O’Brien, da Austrália, somou 12.43 e terá que disputar a repescagem.

Jack Robinson também faz boa estreia

Atual número 1 do mundo, Jack Robinson também fez uma boa estreia. Foto: Ed Sloane/World Surf League

Atual número 1 do mundo, Jack Robinson (AUS) venceu sua bateria e avançou ao round 3 sem sustos. O australiano enfrentou o 11 vezes campeão Kelly Slater e o australiano Xavier Huxtable e triunfou com um somatório de 12.56. Quem acabou indo para a repescagem foi Kelly, que somou 9.60, terminando atrás de Xavier Huxtable, que fez 11.50, com direito a virada na última onda.

Highlights do dia

Próxima chamada

A próxima chamada para o Rip Curl Pro Bells Beach acontece na manhã de sexta-feira (7) na Austrália, início de noite de quinta no Brasil, às 18h15 (de Brasília).

A previsão oficial das ondas, feita pelo Surfline, indica que as ondas diminuirão de 4 a 5 pés de face para 3 a 4 pés. Com o passar das horas as direitas ficam ainda menores, com 2 a 3 pés. O vento esperado é um lateral / terral pela manhã, e lateral / maral a tarde. No dia seguinte as direitas aumentam para 3 a 4 pés pela manhã, subindo para 4 a 6 pés ao longo da tarde. O vento pode soprar de lateral / terral nas primeiras horas do dia, e lateral a tarde.

Rip Curl Pro Bells Beach – Resultados dia 01:

Round 1 Masculino

1 Ethan Ewing (AUS) 14.50 x Nat Young (EUA) 11.43 x Carlos Muñoz (CRI) 8.54

2 Griffin Colapinto (EUA) 15.66 x Seth Moniz (HAV) 11.03 x Maxime Huscenot (FRA) 10.37

3 Ryan Callinan (AUS) 13.27 x Caio Ibelli (FRA) 10.94 x Ezekiel Lau (HAV) 10.34

4 Dylan Moffat (AUS) 12.33 x João Chianca (BRA) 11.67 x Matthew McGillivray (AFR) 10.84

5 Owen Wright (AUS) 12.84 x Filipe Toledo (BRA) 11.24 x Ian Gentil (HAV) 10.36

6 Jack Robinson (AUS) 12.56 x Xavier Huxtable (AUS) 11.50 x Kelly Slater (EUA) 9.60

7 Kolohe Andino (BRA) 11.64 x Italo Ferreira (BRA) 10.80 x Connor O’Leary (AUS) 10.00

Michael Rodrigues (BRA) 14.47 x Jordy Smith (AFR) 12.47 x Callum Robson (AUS) 11.93

9 Jackson Baker (AUS) 13.00 x Leonardo Fioravanti (ITA) 11.37 x Rio Waida (IDN) 10.60

10 Yago Dora (BRA) 13.83 x Samuel Pupo (BRA) 13.67 x Jake Marshall (EUA) 10.00

11 Kanoa Igarashi (JAP) 16.40 x Gabriel Medina (BRA) 13.00 x Liam O’Brien (AUS) 12.43

12 John John Florence (HAV) 16.26 x Morgan Cibilic (AUS) 12.17 x Barron Mamiya (HAV) 12.10

Repescagem – Round 2

1 Callum Robson (AUS) x Liam O’Brien (AUS) x Ezekiel Lau (HAV)

2 Rio Waida (IDN) x Barron Mamiya (HAV) x Maxime Huscenot (FRA)

3 Connor O’Leary (AUS) x Kelly Slater (EUA) x Carlos Muñoz (CRI)

4 Matthew McGillivray (AFR) x Ian Gentil (HAV) x Jake Marshall (EUA)

Round 1 Feminino

1 Bettylou Sakura Johnson (HAV) 13.07 x Sophie McCulloch (AUS) 11.93 x Caitlin Simmers (EUA) 11.24

2 Molly Picklum (AUS) 13.73 x Macy Callaghan (AUS) 13.50 x Johanne Defay (FRA) 13.16

3 Carissa Moore (HAV) 14.33 x Lakey Peterson (EUA) 13.66 x Kobie Enright (AUS) 12.57

4 Caroline Marks (EUA) 15.83 x Isabella Nichols (AUS) 13.04 x Tatiana Weston-Webb (BRA) 9.40

5 Sally Fitzgibbons (AUS) 16.57 x Gabriela Bryan (HAV) 13.73 x Tyler Wright (AUS) 12.17

6 Stephanie Gilmore (AUS) 16.16 x Courtney Conlogue (EUA) 12.06 x Brisa Hennessy (CRI) 11.50

Repescagem -Round 2

1 Caitlin Simmers (EUA) x Brisa Hennessy (CRI) x Kobie Enright (AUS)

Tatiana Weston-Webb (BRA) x Tyler Wright (AUS) x Johanne Defay (FRA)

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias