25 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024
25 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024

Quem leva o prêmio de pior vaca do Brasil?

Levar uma vaca, ou um caldo, é sempre um dos piores momentos do surfista na água. Mas a recompensa pela atitude pode vir no Prêmio Brasileiro Ocyan de Ondas Grandes, um dos eventos mais badalados do surf nacional. Quem levar a maior vaca da temporada será um dos vencedores do Prêmio, que está em sua quinta edição. Serão distribuídos mais de R$ 50 mil entre os vencedores. Os vencedores serão anunciados neste mês de abril, durante a cerimônia de premiação que acontecerá no Rio de Janeiro.

Com tantos surfistas destemidos pelo Brasil, há uma grande quantidade de vacas inscritas no Prêmio. Nomes como Lucas Chumbo, Kalani Lattanzi, Michael Fregonese, Gabriel Sodré e Samuel Igo estão no páreo pelo prêmio de categoria. Muitos picos de surf aparecem entre os cenários das ondas inscritas, como a Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha, a praia do Cardoso, em Laguna (SC), a praia de Itacoatiara, em Niterói (RJ), e diversas lajes espalhadas pelo litoral do Rio de Janeiro, dentre outros lugares.

+ Harry Hollmer-Cross sofre grave acidente em Shipstern Bluff

Apenas as ondas surfadas entre 01/04/2022 e 31/03/2023 são válidas. Os registros podem ser tanto em fotos como em vídeos. O Prêmio Brasileiro Ocyan de Ondas Grandes tem ainda as categorias Maior Onda do Ano, Melhor Onda do Ano (feminino e masculino), Melhor Onda Bodysurf e Melhor Onda Bodyboard (masculino e feminino). A lista de inscritos está disponível no site oficial brasileirodeondasgrandes.com.br.

Sobre o Prêmio Brasileiro Ocyan de Ondas Grandes

Considerada uma das principais premiações do surf nacional, o Prêmio Brasileiro Ocyan de Ondas Grandes tem como objetivo eleger as melhores e mais impressionantes ondas surfadas no litoral brasileiro através do registro fotográfico e de vídeo. Em sua última edição, recebeu 447 inscrições, o que foi considerado um recorde.

A esmagadora maioria foi do estado do Rio de Janeiro (350), seguida do Espírito Santo (38), Santa Catarina (36), Bahia (7), São Paulo (5) e Pernambuco (2). Houve também recorde de participação feminina, mais de 75 ondas grandes surfadas por mulheres, além do alcance estrondoso de mais de 28 milhões de pessoas nas redes sociais.

+ Cinegrafista registra possível maior onda surfada em Florianópolis

Os vencedores do Prêmio Brasileiro Ocyan de Ondas Grandes serão anunciados em abril durante a cerimônia de premiação que acontecerá no Rio de Janeiro.

O Prêmio Brasileiro Ocyan de Ondas Grandes conta com o patrocínio Master da  Ocyan, co-patrocínio da Interoceanica e Lyra Navegação, apoio do Hotel BELoft e Blocos Teccel.

Os campeões da 4ª edição do Prêmio Brasileiro de Ondas Grandes:

  • Prêmio Ocyan Onda do Ano Masculino: Daniel Rangel – Avalanche/ES – Jair Ferreira
  • Prêmio Ocyan Onda do Ano Feminino: Michelle des Bouillons – Laje da Besta/RJ — Renan Vignolli
  • Maior Onda do Ano: Pedro Calado — Itacoatiara/RJ — Gleyson Silva
  • Maior Vaca: Kallani Lattanzi  — Itacoatiara/RJ — Matheus Couto
  • Melhor Onda Bodyboard Feminino: Paola Simão — Itacoatiara/RJ — Guto Ribas
  • Melhor Onda Bodyboard Masculino: Breno Kuster — Avalanche / ES — Jair Ferreira
  • Melhor Onda Kitesurff: Sebastian Ribeiro — Florianópolis/SC — Tiago Azzi
  • Melhor Onda Bodysurf: Breno Diniz – Leme/RJ — Sheila Machado

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias