26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024
26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024

Rayssa Leal lidera ranking da SLS

A brasileira Rayssa Leal lidera ranking da SLS – Street League Skateboarding após conquistar seu terceiro título em três etapas.

Na tarde do último sábado Rayssa venceu a etapa de Las Vegas fazendo 20,1 pontos, superando a australiana Chloe Covell (18,8), Poe Pinson, dos EUA (17,5) e a brasileira Pâmela Rosa (17,5) na Super Final. Nenhuma japonesa alcançou a decisão.

Rayssa conseguiu um 6,9 e um 5,1 na pontuação das duas voltas. Nas manobras, ela tirou 6,3 na primeira, caiu na segunda e quarta, e fez 6,1 na terceira. Assim, se classificou em primeiro para a decisão, quando quatro competidoras tinham mais duas chances de manobras.

Ela mandou um 6,9 na quinta tentativa para abrir vantagem e não ser mais alcançada. Na sexta, já tinha o título garantido e zerou com um sorriso no rosto. Perguntada sobre mais um troféu na estante, comemorou.

Estou muito emocionada, três seguidas. A gente treina muito para isso. Quero agradecer todo mundo. Pai, muita saudade. Daqui a pouco, vamos estar juntos no Rio. Espero vocês lá!”, disse a ‘Fadinha do Skate’ após mais uma vitória e manutenção da liderança no ranking da SLS.

Com o resultado, Rayssa e Pâmela estão garantidas no Super Crown, a etapa decisiva, a ser realizada nos dias 5 e 6 de novembro, no Rio de Janeiro. A Fadinha chegará como líder do ranking mundial, com 300 pontos. Pâmela tem 260, em segundo. Elas e duas japonesas seguem direto para a decisão, sem a necessidade de disputar as semifinais.

Gustavo Ribeiro vence no masculino

O brasileiro Kelvin Hoefler ficou entre os quatro melhores, mas não conseguiu levantar o troféu entre os homens. O português Gustavo Ribeiro foi o campeão em Las Vegas, com duas notas 9,2 nas manobras e 26,9 no total.

Chris Joslin, dos Estados Unidos, terminou em segundo lugar, com 26,6. Ele conseguiu uma manobra de 9,4, com o shape girando 540 graus no ar. Na terceira posição, ficou o seu compatriota Braden Hoban, com 26,2. Hoefler fechou em quarto, com 24,9.

Veja também:

+ Aos 10 anos, promessa do skate brasileiro estreia em Mundiais

Rocky Spirit 2022: Três filmes de skate imperdíveis

Skate brasileiro vive boa fase

Ribeiro vai para o Super Crown na liderança do ranking. Joslin, o francês Vincent Milou e o japonês Yuto Horigome completam os quatro que não precisarão passar pelas semifinais no Rio de Janeiro. Estão diretamente classificados para a final.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias