Publicidade:

Primeiro campeonato de paraskate do Brasil acontece este fim de semana

A 1ª etapa do Circuito Paraskate Tour, o primeiro campeonato exclusivo para paraskatistas no Brasil, acontece nos dias 23 e 24 de outubro no Skatepark Sport Clube Corinthians Paulista, em São Paulo. O evento foi idealizado pelo paraskatista Vini Sardi e é direcionado para aqueles com alguma deficiência física que andam de skate por diversão ou profissionalmente.

+ A inspiradora história do skatista que perdeu a visão
+ Primeiro centro de treinamento de skate do Brasil será inaugurado em Campinas

O Circuito terá três etapas, com a segunda marcada para os dias 27 e 28 de novembro no Centro de Esportes Radicais – Bom Retiro e a terceira nos dias 11 e 12 de dezembro, novamente no Skatepark Sport Clube Corinthians Paulista. Todas as etapas terão disputas nas modalidades Street (sábado) e Park (domingo).

“Um circuito inédito onde as etapas irão ocorrer em dois lugares que tenham Street e Bowl para contemplarmos todos os atletas… com muito skateboard de VERDADE e sem desculpas. O ParaskateTour veio para incluir cada vez mais os PCDs ao mundo dos esportes radicais”, diz o paraskatista e organizador do evento Vini Sardi.

Para a primeira etapa estão confirmados atletas de diversos locais do Brasil: Tony Alves, natural de Santos – SP, Jota Ribeiro, de Boituva – SP, Daniel Santos, John Oliveira e Vini Sardi de São Paulo, David Souza, Nando Araújo, Wesley Paulista e Rafael Alentejo, do Rio Janeiro, Ruan Pereira, de Ribeirão Preto – SP, Ítalo Romano, de Curitiba e Léo Almeida, de Goiânia.

Na estreia do campeonato, alguns atletas foram convidados e outros se inscreveram. As inscrições ainda podem ser feitas pelo email skatecorp.sardi@gmail.com.

Segundo a assessoria do evento, a organização abriu a participação para mulheres, mas não houve inscrições suficientes para uma categoria feminina.

Marco Ferragina, presidente da Associação de Skate Universitário comemora a realização de um evento inclusivo. “Os paraskatistas merecem um evento exclusivo e dedicado a eles, me sinto honrado em ter a Associação de Skate Universitário envolvida nesse projeto e parabenizo Vini Sardi pela iniciativa, que sirva de referência e estímulo para todo o mundo”, afirma.

Apesar da entrada do skate nas Olimpíadas, o paraskate não faz parte do programa paraolímpico. Ferragina diz ainda que o evento pode ser uma excelente forma de divulgação para a inclusão do skate na Paraolimpíadas de 2028 em Los Angeles (EUA).

Todos os protocolos de segurança da pandemia serão seguidos no Circuito Paraskate Tour. O evento não será aberto ao público, mas contará com divulgação em canais digitais e mídias sociais.

O primeiro campeonato de paraskate do Brasil conta com a realização da Prefeitura da Cidade de São Paulo, através da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, organização da ASU – Associação Skate Universitário. Apoio da Skatecorp, SCCP – Sport Club Corinthians Paulista, TNT Energy Drink, CemporcentoSKATE e CBSk – Confederação Brasileira de Skate.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias