26 C
Papeete
sábado, 18 maio, 2024
26 C
Papeete
sábado, 18 maio, 2024

Previsão aposta na segunda-feira para retomada do Lexus Pipe Pro

Uma sólida ondulação de noroeste e vento terral devem garantir a volta da elite da WSL aos tão cobiçados quanto temidos tubos de Pipeline

A expectativa de que o Lexus Pipe Pro pudesse ter seu segundo dia de disputas na quinta-feira foi frustrada quando o dia amanheceu com ondas baixando e o vento maral voltando a prejudicar a formação dos tubos em Pipeline. Segundo comunicado da WSL, as condições devem continuar assim na sexta-feira, com a próxima chamada para a continuação da prova marcada para sábado, às 7h45 no Havaí, 14h45 no fuso horário de Brasília. Mas, de acordo com o site Surfline.com, são bem pequenas as chances de que mais baterias aconteçam durante o final de semana. A previsão aposta na segunda-feira para retomada do Lexus Pipe Pro.

“No momento, estamos observando o progresso de uma forte tempestade se desenvolvendo perto do Japão, que está provocando um swell sólido e de longo período de noroeste – que se desenvolverá no domingo, dia 4, até um pico na manhã de segunda-feira, dia 5”, informa o boletim do site. Ainda que o tom geral seja positivo, inclusive no que toca ao vento, que deve soprar terral durante todo o dia, o comunicado faz também um alerta para um swell de nordeste, “com força considerável e de período mais curto, cruzando o swell de noroeste, o que tornaria as ondas um pouco confusas”.

A abertura do World Surf League Championship Tour 2024 aconteceu em boas condições na quarta-feira, com tubos passando dos 2 metros de altura em Pipeline e no Backdoor. Seis brasileiros avançaram para disputar classificação para as oitavas de final, na terceira fase do Lexus Pipe Pro. Samuel Pupo vai enfrentar o australiano Liam O´Brien na segunda bateria. O campeão mundial e primeiro medalha de ouro na história do surf nas Olimpíadas, Italo Ferreira, entra na sexta contra o sul-africano Jordy Smith.

+Lexus Pipe Pro abre Circuito Mundial 2024 com um show de tubos

+Uso de tática no Lexus Pipe Pro faz de Gabriel Medina assunto mundial 

+Filipe Toledo responde às críticas por abandono do Lexus Pipe Pro

Ainda na chave de cima, que vai apontar o primeiro finalista, tem Yago Dora na oitava bateria encarando o australiano Jacob Willcox. Na chave de baixo, na 11ª bateria, está o tricampeão mundial Gabriel Medina, que vai pegar pela frente um estreante na elite, Crosby Colapinto, irmão mais jovem do número 3 do WSL Finals no ano passado, Griffin Colapinto. A seguinte é a de Miguel Pupo enfrentando o havaiano de Maui, Imaikalani deVault, e na 13ª, entra Deivid Silva diante do bicampeão mundial e local de Pipeline, John John Florence, recordista de pontos no primeiro dia do CT 2024 no Havaí.

O bicampeão mundial Filipe Toledo, que marcou apenas 1,77 na sua bateria de estréia, e em seguida abandonou a prova ao não participar da repescagem, alegando uma intoxicação alimentar, foi a grande decepção entre os brasileiros até o momento. Caio Ibelli também deixou de avançar para a terceira fase, mas mostrou muita disposição nas condições desafiadoras e saiu da praia com a cabeça erguida.

A categoria feminina ainda não entrou na água. A primeira bateria das mulheres irá marcar a estreia da Luana Silva na elite da WSL. A jovem surfista irá defender a bandeira verde amarela ao lado de Tatiana Weston-Webb, que está na quinta e penúltima bateria da primeira fase, e é uma das favoritas a vencer em Pipeline. Resta agora torcer para que a retomada do Lexus Pipe Pro aconteça na segunda-feira em condições que permitam a todos surfistas exibir seu talento de forma plena.

 

PRÓXIMAS BATERIAS DO LEXUS PIPE PRO:

PRIMEIRA FASE – 1.a e 2.a=Oitavas de Final /  3.a=Repescagem:
1.a: Tyler Wright (AUS), Bettylou Sakura Johnson (HAV), Luana Silva (BRA)
2.a: Carissa Moore (HAV), Sally Fitzgibbons (AUS), Brisa Hennessy (CRC)
3.a: Caroline Marks (EUA), India Robinson (AUS), Moana Jones Wong (HAV)
4.a: Caitlin Simmers (EUA), Gabriela Bryan (HAV), Isabella Nichols (AUS)
5.a: Molly Picklum (AUS), Tatiana Weston-Webb (BRA), Alyssa Spencer (EUA)
6.a: Lakey Peterson (EUA), Johanne Defay (FRA), Sawyer Lindblad (EUA)

TERCEIRA FASE – Derrota=17.o lugar com US$ 14.360 e 1.330 pts:
1.a: Ethan Ewing (AUS) x Kelly Slater (EUA)
2.a: Samuel Pupo (BRA) x Liam O´Brien (AUS)
3.a: Ryan Callinan (AUS) x Jake Marshall (EUA)
4.a: Connor O´Leary (JPN) x Jackson Bunch (HAV)
5.a: Jack Robinson (AUS) x Ramzi Boukhiam (MAR)
6.a: Italo Ferreira (BRA) x Jordy Smith (AFR)
7.a: Barron Mamiya (HAV) x Frederico Morais (PRT)
8.a: Yago Dora (BRA) x Jacob Willcox (AUS)
9.a: Griffin Colapinto (EUA) x Shion Crawford (HAV)
10: Ian Gentil (HAV) x Kanoa Igarashi (JPN)
11: Gabriel Medina (BRA) x Crosby Colapinto (EUA)
12: Miguel Pupo (BRA) x Imaikalani deVault (HAV)
13: John John Florence (HAV) x Deivid Silva (BRA)
14: Callum Robson (AUS) x Seth Moniz (HAV)
15: Matthew McGillivray (AFR) x Eli Hanneman (HAV)
16: Leonardo Fioravanti (ITA) x Kade Matson (EUA)

RESULTADOS DO LEXUS PIPE PRO NA QUARTA-FEIRA:

PRIMEIRA FASE – 1.o e 2.o=Terceira Fase / 3.o=Repescagem:
1.a: 1-Matthew McGillivray (AFR)=12.34, 2-Yago Dora (BRA)=9.00, 3-Kade Matson (EUA)=5.30
2.a: 1-Callum Robson (AUS)=13.67, 2-Gabriel Medina (BRA)=12.33, 3-Deivid Silva (BRA)=4.64
3.a: 1-Jack Robinson (AUS)=12.27, 2-Kelly Slater (EUA)=11.67, 3-Rio Waida (IDN)=1.70
4.a: 1-Griffin Colapinto (EUA)=10.07, 2-Ramzi Boukhiam (MAR)=9.66, 3-Seth Moniz (HAV)=6.80
5.a: 1-Jackson Bunch (HAV)=10.17, 2-Ethan Ewing (AUS)=8.33, 3-Cole Houshmand (EUA)=7.03
6.a: 1-Samuel Pupo (BRA)=13.00, 2-Shion Crawford (HAV)=9.27, 3-Filipe Toledo (BRA)=1.77
7.a: 1-John John Florence (HAV)=15.20, 2-Jake Marshall (EUA)=14.47, 3-Caio Ibelli (BRA)=9.83
8.a: 1-Leonardo Fioravanti (ITA)=6.60, 2-Frederico Morais (PRT)=4.57, 3-Liam O´Brien (AUS)=3.60
9.a: 1-Ryan Callilnan (AUS)=10.33, 2-Imaikalani deVault (HAV)=9.84, 3-Jordy Smith (AFR)=3.10
10: 1-Eli Hanneman (HAV)=9.70, 2-Kanoa Igarashi (JPN)=7.50, 3-Connor O´Leary (JPN)=4.40
11: 1-Barron Mamiya (HAV)=14.10, 2-Crosby Colapinto (EUA)=11.83, 3-Ian Gentil (HAV)=5.50
12: 1-Miguel Pupo (BRA)=14.10, 2-Italo Ferreira (BRA)=12.10, 3-Jacob Willcox (AUS)=10.50

REPESCAGEM – 1.o e 2.o=Terceira Fase / 3.o=33.o lugar com US$ 13.525 e 265 pts:
1.a: Seth Moniz (HAV) e Deivid Silva (BRA), w.o-Filipe Toledo (BRA)
2.a: 1-Connor O´Leary (JPN)=12.33, 2-Kade Matson (EUA)=8.37, 3-Rio Waida (IDN)=6.50
3.a: 1-Jacob Willcox (AUS)=10.16, 2-Ian Gentil (HAV)=8.86, 3-Caio Ibelli (BRA)=6.17
4.a: 1-Liam O´Brien (AUS)=12.33, 2-Jordy Smith (AFR)=10.00, 3-Cole Houshmand (EUA)=5.77

TRANSMISSÃO AO VIVO – Todas as etapas do WSL Championship Tour 2024 podem ser assistidas ao vivo pelo Sportv e Globoplay, parceiros de mídia da WSL no Brasil. E neste ano têm novidades na transmissão pelos canais da World Surf League, com uma nova equipe de comentaristas em português, com Edinho Leite, Cris Pires e Ian Cosenza, produzida 100% no Brasil pela primeira vez. Além disso, também pelo WorldSurfLeague.com e pelo Aplicativo e Canal da WSL no YouTube, poderá ser acessada uma transmissão em espanhol inédita, com Mitchell Salazar, Sahid Pérez e Ahmed Pérez.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias