Publicidade:

Por que você deve incluir leite na sua alimentação

O leite é uma opção de bebida versátil e com alto valor nutricional para incluir na sua alimentação. Rico em proteínas e sais minerais, como o cálcio e o fósforo, o leite está entre os alimentos recomendados por profissionais de saúde para integrar um cardápio diário mais saudável.

Veja também: 
+ Conheça a cerveja proteica que te ajudará a ganhar massa muscular
+ Tomar leite realmente faz bem para os ossos e articulações?
+ 5 leites vegetais para experimentar

A nutricionista Amanda Cristina Motter, especialista em nutrição clínica e terapia nutricional, explica que as proteínas, elemento do qual o leite é mais rico, são determinantes para a criação e estruturação das células humanas, fazendo parte de quase todos os processos vitais do corpo. As substâncias também são componentes básicos das fibras musculares, dos cabelos, ossos, dentes e pele.

“O leite é uma proteína de origem animal e pode ser consumida em pequenas refeições, como café da manhã e lanche da tarde”, explica a nutricionista, convidada pela Marajoara Laticínios. Segundo ela, o consumo diário médio de proteína recomendado para uma pessoa adulta é de 0,8 grama por kg de peso corporal – e o leite e seus derivados podem e devem entrar nesse cálculo diário.

“Duas porções (2 copos de 200 ml) de leite ou de seus derivados já são consideradas saudáveis. Esse consumo deve ocorrer, de preferência, nas refeições mais rápidas, como os lanches, ou adicionado às preparações culinárias caseiras”, orienta a nutricionista.

A lactose não é mais problema

Entre as restrições mais comuns que podem haver em relação ao leite está a intolerância à lactose. Porém, o leite está entre os alimentos que mais evoluíram com o passar do tempo. Já há algumas décadas, modernas técnicas industriais deram origem ao leite zero lactose, que facilita a digestão desse tipo de açúcar exclusivo ao leite.

“As linhas de produtos zero lactose são hoje uma ótima solução para o desconforto gastrointestinal apresentado por algumas pessoas, pois o processo de produção dos leites sem lactose consegue quebrar as moléculas desse açúcar, deixando sua digestão bem mais fácil”, explica a nutricionista.

Porém, ela esclarece que a restrição para o consumo de leite, se houver, deve ser avaliada de forma individualizada com a orientação de um profissional nutricionista.

Um alimento versátil

O leite está entre os alimentos mais versáteis que existem. Mas se você é daqueles que não gostam de consumir a bebida de forma pura, a dica da profissional é o uso do alimento ou de seus derivados no preparo de receitas.

“Combinado com cereais, de preferência integrais, ou com frutas, de preferência as da estação, o leite pode compor uma alimentação de alto valor nutritivo e custo bem razoável. Além do mais, são inúmeros os preparos de receitas que podem ser feitos com o leite e seus derivados”, completa a nutricionista.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias