28 C
Papeete
domingo, 16 junho, 2024
28 C
Papeete
domingo, 16 junho, 2024

Polícia de Bali investiga incêndio que destruiu morro em Uluwatu

O incêndio que destruiu parte das construções sobre o morro em Uluwatu, em Bali, foi causado por fagulhas de uma solda em uma obra que estava em andamento no local. Esta é a conclusão a que chegou o corpo de bombeiros local após investigação nesta terça (24).

O incêndio começou na segunda (23) e rapidamente se alastrou para outras construções do local. Uma enorme nuvem de cinzas podiam ser vista praticamente de toda a cidade durante o dia.

Segundo o site Coconuts.co, principal veículo de notícias de Bali em inglês, os bombeiros precisaram de mais de cinco horas de trabalho para apagar as chamas e esfriar o local para só então avaliar o tamanho do estrago. Ao todo, 14 ‘villas’ (casas com infraestrutura turística para aluguel) foram destruídas pelo fogo até o início da terça.

Veja também: Como foi assistir J-Bay pelo Facebook? A WSL quer sua opinião

O mesmo site de notícias estima que as perdas podem chegar a cerca de 275 mil dólares, o equivalente a mais de um milhão de reais.

O incêndio foi causado por uma faísca produzida na soldagem de uma construção. Os funcionários da obra tentaram apagar o fogo, mas ele rapidamente se espalhou por todo o local. Não foram registrados, até o momento, óbitos ou mesmo vítimas de ferimentos.

Recentemente, o circuito mundial de surf passou pelo local, com o Uluwatu Pro, continuação da etapa de Margaret River e considerada como a quinta parada da WSL no calendário da elite em 2018. Durante a etapa, vencida pelo catarinense Willian Cardoso, toda a estrutura da competição ficou montada em local próximo ao foco do incêndio desta segunda.

A investigação do caso agora passará à polícia local, afirma o site. Confira abaixo algumas imagens do incêndio compartilhadas em redes sociais:

Imagem de capa: Paul Baker/Instagram/reprodução

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias