Publicidade:


Publicidade:

Pedro Caldas transforma Beach Park em arena de wakeboard

De modo inédito, o wakeboarder Pedro Caldas se desafiou e levou o esporte a 25 metros de altura nas atrações do Beach Park, localizado próximo a Fortaleza (CE).

Aliando manobras especiais, inovação e diversão, a ação do atleta deu vida ao projeto ‘Wake no Beach Park: com Pedro Caldas’, produzido pela Red Bull, disponível gratuitamente pela internet, a partir desta sexta-feira (29), no site da marca.

A ideia surgiu de um sonho antigo do atleta que, ao frequentar parques aquáticos, imaginava todas as possibilidades de manobras de acordo com a fluidez de cada brinquedo.

Neste cenário, totalmente diferente do que está habituado, o goiano se desafiou, no final de 2020, em oito atrações do Beach Park, com características distintas, incluindo o maior toboágua do mundo na categoria tornado, o ‘Vaikuntudo’, que foi o seu principal desafio.
Diferente do wakeboard tradicional, Pedro precisou se adaptar ao nível da água nos brinquedos do parque, e foram necessários inúmeros testes para que a ação fosse concluída com sucesso e segurança.

Andar de wake em toboágua foi algo que ninguém havia feito antes, então tivemos de nos adaptar e realizar uma base de testes: desde colocar o winch – que é o motor responsável por puxar o wake – em posição diferente, regular a quantidade de água em cada atração e até mesmo encontrar a velocidade do brinquedo com a do motor do equipamento”, conta Pedro.

“Ainda assim, alguns toboáguas não tinham o nível suficiente de água para me dar direção, então fui descendo e seguindo o flow, o que foi muito gostoso, desafiador e, como eram brinquedos grandes e altos, me senti totalmente fora da minha zona de conforto”, revela o atleta.

Wakeboard
De modo inédito, Pedro Caldas levou o wakeboard a 25 metros de altura nas atrações do Beach Park, localizado próximo a Fortaleza (CE). Foto: Red Bull

O projeto tomou forma quando o Beach Park aceitou realizar essa ação inédita. “De início achamos a ideia inusitada e tínhamos a preocupação com a segurança do atleta, mas depois de diversas reuniões e visitas técnicas, nos sentimos seguros para seguir em frente.

O Beach Park é um destino que conta com muitas atrações radicais, então a junção do esporte com o nosso parque foi perfeita”, revelou Clarisse Linhares, diretora de Marketing do Beach Park.

+ Com onda épica, “The Condor” Peter Mel surfa onda histórica em Mavericks
+ “Vi quem é que manda,” diz Twiggy após sofrer wipeout terrível em Mavericks

Campeão mundial júnior de Cable Wakeboard, o atleta de 20 anos coleciona títulos inéditos ao Brasil, como o primeiro lugar pela Federação Internacional de Water Ski e Wakeboard, pódio no WakeBrasil, melhor manobra no FISE Montpellier, primeiro lugar no Liquid Lockdown, na Inglaterra, entre outros.

Os melhores momentos da ação já podem ser conferidos por meio deste link.

*A ação foi realizada em dezembro de 2020, seguindo todas as recomendações e protocolos das autoridades e órgãos de saúde.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias

“Evade”, de Caio Baker, e...

Evade é curta metragem de pouco mais do que 8 minutos filmado e editado...

Surfista profissional demitido após surfar...

Um freesurfer profissional de Encinitas, na Califórnia, EUA, perdeu um de seus patrocinadores após...

Lucas Silveira andando por dentro...

Enquanto segue em sua temporada em águas portuguesas, Lucas Silveira aproveita para explorar imagens...

John John Florence passa por...

Após abdicar das quartas de final do Margaret River Pro por conta de uma...