Publicidade:

O beabá da biquilha com Josh Kerr

Biquilha e Josh Kerr fazem uma combinação muito feliz.

O australiano Josh Kerr experimenta vários tipos de prancha, e as biquilhas têm um lugar especial em seu coração. Segundo ele disse, surfa com biquilhas em tempo integral há três anos. E assim, ao assistir aos seus vídeos recentes, você percebe o quanto ele tem elevado a performance sobre as duas quilhas.

“Assim que saí do circuito mundial, comecei a mergulhar de verdade nisso”, diz ele. “(Porque) eu sabia que meio que se encaixava no meu jeito de surfar.”

Leia também: 
+ De biquilha na Costa Rica: um vídeo para sonhar com surf

Enquanto isso, as biquilhas sem dúvida têm crescido em popularidade entre os surfistas comuns também.

E durante sua trajetória, Kerr está se tornando um valioso conhecedor de mecânica e técnica. No vídeo a seguir, ele se junta a Kale Brock, produtora da popular e muito informativa página instrutiva do Youtube. Brock tem uma maneira de quebrar e articular a mecânica do surf que é muito fácil para o surfista do dia a dia digerir. E Kerr tem um poço de técnicas que podem fazer de qualquer pessoa um surfista melhor. Juntos, eles são uma sólida equipe de coaching online.

“A triquilha tradicional foi realmente desenvolvida para oferecer muito controle. Um pouco de resistência extra, dando a você esse controle, mais do que tudo, no bolso ”, diz Kerr, forçando você “a surfar apenas em determinada parte da onda”.

Com a biquilha, no entanto, Kerr percebe o quanto a biquilha o afastou do pocket e o ofereceu uma tela totalmente nova.

“Surfar com nadadeiras gêmeas, onde você tem que reduzir a intensidade e se concentrar mais em sentir a prancha e a onda sob seus pés, faz sentido que isso se traduza em seu surf de triquilha também,” acrescenta Kale Brock.

O vídeo abaixo é incrivelmente útil se você está interessado em refinar seu jogo de biquilhas, especialmente se você passou anos se acostumando com a triquilha tradicional. Como as curvas com a perna de trás variam em cada prancha? Onde estão os diferentes pontos de pivô em uma onda? Como o posicionamento do braço deve mudar por meio de curvas em uma forma versus a outra?

Solta o vídeo e confira:

Vídeo: Kale Brock


Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias