26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024
26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024

Nova proposta de zoneamento coloca Praia da Silveira em risco

Uma nova proposta de zoneamento urbano está gerando preocupações entre os moradores e a comunidade de surfistas da Praia da Silveira, um dos picos mais lendários de surf do litoral brasileiro. O Plano Diretor de Garopaba está passando por revisão, e a mudança proposta ameaça a natureza preservada da região.

Leia mais:

+ Praia da Silveira quebra “do jeito” (Vídeo)

+ Um dos maiores rivais de Kelly Slater lançará piscina de onda com aparência mais natural

+ Quem está ganhando a ‘Batalha dos Shapers’ na WSL?

De acordo com um abaixo-assinado realizado pelos moradores locais, a Praia da Silveira é atualmente classificada como ZB3 – Zona de Baixa Densidade 3, o que impõe limites para o uso e ocupação do solo. Nesta zona, a área mínima dos lotes é de 1.500 m², e a construção de residências é permitida com ocupação máxima de 15% do terreno e coeficiente de aproveitamento total de 0,3 – o que equivale a dois andares de 225 m² cada andar.

No entanto, a atualização do Plano Diretor propõe a reclassificação da área como ZPR – Zona Predominante Residencial, reduzindo a área mínima dos lotes para 1.000 m² e permitindo ocupação máxima de 30% do terreno, além de um coeficiente de aproveitamento total de 0,6. Essa alteração representa uma significativa mudança, onde até 30% da área total poderia ser utilizada para construção, em até dois andares de 300 m² cada andar.

A nova proposta permitiria casas maiores, resultando em uma maior densidade construtiva que impactaria negativamente a paisagem natural e o caráter preservado do local. Com meta de 1.500 assinaturas, até o fechamento desta matéria, o abaixo-assinado contava com 1.346 apoiadores.

Localizada em Garopaba (SC), a Praia da Silveira é conhecida por suas ondas clássicas no costão sul. Trata-se de um point break com direitas longas e consistentes que rolam paralelas às pedras. O pico, que rola de ondulação sul, é capaz de segurar ondas de tamanho considerável, atraindo surfistas de todas as partes do Brasil. A alteração no zoneamento e o possível aumento da ocupação urbana podem impactar diretamente a qualidade das ondas e a paisagem, prejudicando um dos principais atrativos da região.

O abaixo-assinado pede, portanto, que no novo Plano Diretor, a Praia da Silveira mantenha os mesmos índices atualmente vigentes.

A última Consulta Pública deste projeto de lei acontecerá na quinta-feira (27/07), às 18h30, no Ginásio Municipal de Esportes de Garopaba. A comunidade local deve se posicionar para apresentar suas preocupações e argumentos.

Veja aqui o abaixo-assinado.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias