Publicidade:

Melhores ondas de cada etapa do CT masculino

Último dia do ano! E na retrospectiva de hoje as melhores ondas de cada etapa do CT (championship) masculino.

Spoiler: O tricampeão do mundo, Gabriel Medina foi o atleta que mais apareceu na lista. Em 9 etapas, ele tirou a melhor nota em 3 delas. A campanha do brasileiro que levou o título de 2021 foi realmente impecável.

Veja também:

Melhores ondas de cada etapa do CT feminino 2021

Surf Faroeste: um filme poético que conecta ondas grandes e montaria em touro

O que você deve fazer se ficar enjoada no treino?

Pipeline – John John Florence

O havaiano mostrou que conhece mesmo o pico na primeira etapa do ano de 2021. John John dropou no crítico pra esquerda de Pipeline, ficou profundo no tubo e saiu depois da baforada. A nota do atleta foi quase perfeita, um 9.23.

Newcastle – Gabriel Medina

Simplesmente sensacional! Gabriel Medina tirou um 9.70 na etapa de Newcastle e quase alcançou o céu em um aéreo full rotation sem a mão no grab. O atleta voltou com muita classe, na espuma pesada da onda.

Narrabeen – Gabriel Medina

Em um dia de ondas pequenas, na etapa de Narrabeen, Gabriel Medina mostrou que faz acontecer em qualquer condição. O tricampeão foi para o aéreo rodando na junção da onda. A nota foi quase perfeita, um 9.50.

Margaret River – John John Florence

A única nota 10 da temporada. Sem palavras para a onda sensacional que o bicampeão mundial John John Florence pegou antes de se machucar na etapa de Margaret River. Em um mar grande, o atleta ficou profundo por muito tempo no tubo e ainda finalizou com uma batida na junção pesada.

Rottnest Island – Michel Bourez

O taitiano Michel Bourez garantiu seu lugar na lista ao tirar um 9.63 em uma esquerda na etapa de Rottnest Island, na Austrália. Para completar, o atleta que ficou profundo e passou três sessões dentro do tubo, ainda finalizou com uma rasgada.

Surf Ranch – Yago Dora

A melhor nota do evento da piscina de onda foi de Yago Dora. O atleta destruiu suas pernas na esquerda quase infinita do rancho. Ele aplicou uma variação sensacional de manobras com rasgadas, tubo e aéreos reversos que trouxe o excelente 9.73 para a atleta.

Barra de La Cruz – Jack Robinson

O australiano tirou a melhor nota do evento em Barra de La Cruz e gerou polêmica no Brasil. O atleta aplicou boas batidas, rasgadas e laybacks, mas houve um burbúrio sobre a onda ter sido supervalorizada. O atleta tirou uma nota excelente, um 9.37.

Trestles – Gabriel Medina

Ele de novo! Gabriel Medina tirou um 9.03 na última etapa do ano, em Trestles. Em uma esquerda, o atleta mandou nada mais nada menos que um backflip, comemorou e ainda finalizou a onda com duas rasgadas e completou na junção.

Confira o vídeo com as melhores ondas de cada etapa do CT masculino:

 

 

 

 

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias