25 C
Papeete
terça-feira, 23 julho, 2024
25 C
Papeete
terça-feira, 23 julho, 2024

Medina comemora título de Filipe Toledo: “Bem vindo ao clube”

Certamente, esta quinta-feira (8/09), é um daqueles grandes dias para a história do surf brasileiro. Isso porque, Filipe Toledo levou a bandeira verde e amarela mais uma vez para o topo do Circuito Mundial de Surf da WSL.

Leia mais:

+ Filipe Toledo é campeão mundial de surf

+ WSL Finals: “Baboseira as pessoas questionarem se é justo ou não”, diz Alex Guaraná

+ Filipe Toledo: “Muitas pessoas não fariam 5% daquilo que a gente faz”

Com uma foto de um frame da transmissão logo após a definição do título, o tricampeão mundial Gabriel Medina comemorou a conquista do compatriota, Filipe Toledo – que alcançou o feito pela primeira vez na carreira.

“Bem vindo ao clube Filipe Toledo”, escreveu Medina sobre o título de 2022, em um story do seu Instagram. “World Champ Baby”, [Campeão mundial bebê, em tradução para o português], completou a postagem. Veja abaixo:

A postagem de Gabriel Medina – Foto: screenshot instagram

O tricampeão Gabriel Medina disputou apenas 3 etapas do CT (Championship Tour) 2022. A primeira metade do ano, ele se afastou para cuidar da saúde mental e depois retornou às competições para a metade do Circuito Mundial.

Em G-Land e El Salvador, Medina foi bem e ficou em terceiro lugar, mas durante o Saquarema Pro, evento que aconteceu em junho no Brasil, ele acabou por lesionar o ligamento colateral medial do joelho esquerdo.

Apesar de já ter voltado às sessões de freesurf, Gabriel segue se recuperando da lesão e deve retornar para a briga da WSL pelo título mundial de 2023.

De qualquer forma, a tempestade brasileira anda mais forte do que nunca, com diversos atletas em destaque, como por exemplo Filipe Toledo e Italo Ferreira – é claro – e também Miguel Pupo e Samuel Pupo.

O título mundial de Filipe Toledo

Após uma incrível campanha ao longo do ano, Filipe Toledo se classificou para o WSL Finals em primeiro lugar no ranking da WSL e, portanto, só disputou a final.

A decisão aconteceu contra o brasileiro, campeão mundial e campeão olímpico, Italo Ferreira, que – bem diferente de Toledo – se classificou para o WSL Finals em quarto lugar. Até chegar a final, Italo teve de eliminar Kanoa Igarashi, Ethan Ewing e Jack Robinson.

A final 100% brasileira foi disputada dentro do formato “melhor de três”, com Filipe e Italo se enfrentando duas vezes. Apesar de muito disputadas, Toledo venceu as duas primeiras baterias, confirmou o favoritismo e garantiu o primeiro título mundial da sua carreira. Para o Brasil, a vitória foi dupla com nomes nos dois lugares mais altos do pódio.

Confira o resultado de todas as baterias do WSL Finals aqui.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias