26 C
Papeete
sábado, 20 julho, 2024
26 C
Papeete
sábado, 20 julho, 2024

Matheus Navarro bate todos os recordes do Circuito Banco do Brasil de Surfe em Ubatuba

As ondas melhoraram na sexta-feira na Praia de Itamambuca, em Ubatuba, e dois surfistas bateram os recordes das três etapas do Circuito Banco do Brasil de Surfe. Primeiro foi o potiguar Mateus Sena, que totalizou 17,00 pontos somando 9,00 com 8,00, marcas superadas no fim do dia pelo catarinense Matheus Navarro, que atingiu 18,17 com as notas 9,17 e 9,00 dos seus aéreos.

Leia mais:

Four Seasons Surfing: Kelly Slater vence na monoquilha

Quer surfar melhor e ser mais feliz? Saiba sobre o flow

“Gostaria que essa hierarquia voltasse e resolvesse esse crowd”, diz Slater sobre o surf no Havaí

Eles estão na briga pelo título do Circuito Banco do Brasil de Surfe com dois surfistas do litoral paulista, o ubatubense Gabriel Klaussner novo líder do ranking e Igor Moraes, de São Sebastião.

“Não é sempre que a gente consegue fazer uma bateria excelente. Eu fiz três notas acima de 8 pontos e essa prancha, sem dúvidas, é uma das melhores dos últimos anos. Tá muito mágica”, disse Matheus Navarro, que ofereceu sua apresentação para a sua avó, Laura. “Desde ontem, eu e minha família estamos vivendo uma turbulência muito grande. A minha vó foi internada e precisava de uma UTI, mas até hoje de manhã não tinha conseguido. Aí fiz um post no meu Instagram e quero agradecer toda a galera que se mobilizou e o pessoal da ASPI (Associação de Surf das Praias de Itajaí), que conseguiu uma vaga pra minha avó, graças a Deus”.

Matheus Navarro continuou contando, emocionado, sobre esses momentos difíceis para sua família: “Eu dedico essa bateria para toda minha família, principalmente minha mãe, que está nessa agonia, pois nunca tivemos um familiar passando por isso. Ao mesmo tempo, não sei se isso foi bom ou não pra mim, porque esqueci do campeonato e só fiquei pensando nela. Parece que as coisas fluíram naturalmente, sem me preocupar com quem estava na água. Só quis surfar o meu melhor, então essa bateria é para ti vó Laura e espero que você saia dessa”.

Matheus Navarro novo recordista absoluto do Circuito Banco do Brasil (Crédito: Daniel Smorigo / World Surf League)

A melhor apresentação das três etapas do Circuito Banco do Brasil de Surfe aconteceu na segunda participação de Matheus Navarro na sexta-feira, quando ele achou boas direitas para mostrar seu surfe progressivo com manobras inovadoras, que arrancaram notas 8,17, 9,00 e 9,17 dos juízes. Ele estreou em Ubatuba na terceira bateria do dia, já surfando muito bem também, depois do líder no ranking, Heitor Mueller, ser eliminado no primeiro confronto da sexta-feira, pelo argentino José Gundesen e Eduardo Matheus Silva.

Com a derrota do catarinense, cinco surfistas ficaram com chances matemáticas na briga pelo título do primeiro Circuito Banco do Brasil de Surfe, os paulistas Gabriel Klaussner, Igor Moraes e Ryan Kainalo, o potiguar Mateus Sena e o catarinense Matheus Navarro. O prêmio para o campeão no ranking das três etapas, é um convite para participar da única etapa do Challenger Series na América Latina esse ano, o Saquarema Pro, que será realizado em novembro em Saquarema.

Igor Moraes venceu a segunda bateria da sexta-feira, logo após a queda do líder, Heitor Mueller. Foi quando soube que tinha chances de brigar pelo título do Circuito Banco do Brasil: “Eu não sabia que tinha chances e nem tava focado nisso, mas agora que sei que to na briga, é um combustível a mais então para buscar um bom resultado aqui”.

Igor Moraes voltou a competir na sexta-feira e passou mais uma, avançando para a rodada classificatória para as quartas de final, assim como Matheus Navarro no confronto seguinte.

Igor Moraes está na briga pelo título de campeão do Circuito Banco do Brasil (Crédito: Daniel Smorigo / World Surf League)

O próximo concorrente pela vaga para o Challenger Series de Saquarema a competir na sexta-feira, após Igor Moraes e Matheus Navarro, foi o potiguar Mateus Sena. Ele estreou na 12.a bateria do dia e mostrou a potência do seu backside, destruindo as direitas de Itamambuca. Mateus Sena vinha embalado pela vitória nos Jogos Panamericanos, duas semanas atrás no Panamá. Ele foi o primeiro a bater os recordes do Circuito Banco do Brasil em Ubatuba, totalizando 17,00 pontos com notas 9,00 e 8,00 das suas melhores ondas.

“Estou feliz, amarradão. Estou vindo de uma vitória num campeonato muito importante, o Panamericano lá no Panamá, então estou motivado e feliz por reencontrar meu pai aqui”, disse Mateus Sena. “Estou feliz por ter começado o evento com uma bateria excelente, que é muito bom para motivar pras próximas rodadas. Consegui achar boas direitas para mostrar meu surfe de backside e estou feliz por saber que fiz os recordes do Circuito”.

Mateus Sena foi o primeiro a bater os recordes do circuito na sexta-feira (Crédito: Daniel Smorigo / World Surf League)

Novo líder

O ubatubense Ryan Kainalo era outro que tinha chances de terminar em primeiro no ranking do circuito, mas foi barrado na sua estreia na Praia de Itamambuca. Já o vice-líder e também de Ubatuba, Gabriel Klaussner, conseguiu avançar, mas foi no sufoco, na bateria vencida pelo local de Itamambuca, Guilherme Villas Boas. Com a classificação, Gabriel já tirou a liderança do ranking do Heitor Mueller.

Gabriel Klaussner assumiu a liderança no ranking do Circuito Banco do Brasil (Crédito: Daniel Smorigo / World Surf League)

Gabriel Klaussner já garante o primeiro lugar no ranking das três etapas do Circuito Banco do Brasil e ganha a vaga para o Challenger Series de Saquarema, se passar a sua próxima bateria em Itamambuca. Será a terceira a entrar no mar neste sábado, contra Philippe Neves, Murillo Coura e Takeshi Oyama. Caso não consiga, Igor Moraes, Matheus Navarro e Mateus Sena, poderão lhe tirar o título, mas somente com a vitória em Ubatuba.

Esta terceira e última etapa de 2022 é transmitida ao vivo pelo perfil da WSL Brasil no TikTok e pelo WorldSurfLeague.com. Notícias do evento podem ser acessadas no www.wsllatinamerica.com.

PRÓXIMAS BATERIAS DO CIRCUITO BANCO DO BRASIL DE SURFE EM UBATUBA:

08h00: TERCEIRA FASE – 3.o=17.o lugar (200 pts) e 4.o=25.o lugar (150 pts):
——as 4 primeiras fecharam a sexta-feira:
5.a: Wiggolly Dantas (BRA), Pedro Neves (BRA), Rickson Falcão (BRA), Lucas Rosario (BRA)
6.a: Mateus Sena (BRA), Lucas Vicente (BRA), Pedro Martins (BRA), Hugo Amparo (BRA)
7.a: Gabriel Klaussner (BRA), Philippe Neves (BRA), Murillo Coura (BRA), Takeshi Oyama (BRA)
8.a: Alejo Muniz (BRA), Lucas Santos (BRA), João V. Paulino (BRA), Guilherme Villas Boas (BRA)

FEMININO CIRCUITO BANCO DO BRASIL DE SURFE EM UBATUBA:

09h40: SEGUNDA FASE FEMININA – 1.a e 2.a=Quartas de Final:
——3.a=9.o lugar (US$ 300 e 350 pts) e 4.a=13.o lugar (US$ 200 e 295 pts)
1.a: Daniella Rosas (PER), Nairê Marquez (BRA), Kiany Cristina (BRA), Açucena Vaz (BRA)
2.a: Sophia Medina (BRA), Laura Raupp (BRA), Maria Eduarda (BRA), Sophie Fletcher (AUS)
3.a: Arena R. Vargas (PER), Lucia Cosoleto (ARG), Juliana dos Santos (BRA), Estela Lopez (CHL)
4.a: Silvana Lima (BRA), Sol Aguirre (PER), Melanie Giunta (PER), Sofia Driscoll (CHL)

RESULTADOS DA SEXTA-FEIRA NA PRAIA DE ITAMAMBUCA:

TERCEIRA FASE – 3.o=17.o lugar (200 pts) e 4.o=25.o lugar (150 pts):
——baterias que fecharam a sexta-feira:
1.a: 1-José Gundesen (ARG), 2-Igor Moraes (BRA), 3-Kailani Rennó (BRA), 4-Kellyrson Cypriano (BRA)
2.a: 1-Matheus Navarro (BRA), 2-Eric Bahia (BRA), 3-Yuri Kubota (BRA), 4-Eduardo Matheus Silva (BRA)
3.a: 1-Gabriel André (BRA), 2-Eduardo Motta (BRA), 3-Sergio Luan (BRA), 4-Lucas Bernardo (BRA)
4.a: 1-Matheus Gomes (BRA), 2-Gustavo Moura (BRA), 3-Rodrigo Saldanha (BRA), 4-Guilherme Fernandes (BRA)

SEGUNDA FASE – 3.o=33.o lugar (66 pts) e 4.o=49.o lugar (60 pts):
——baterias que abriram a sexta-feira:
01: 1-José Gundesen (ARG), 2-Eduardo M. Silva (BRA), 3-Heitor Mueller (BRA), 4-Ivo Gothardo (BRA)
02: 1-Igor Moraes (BRA), 2-Yuri Kubota (BRA), 3-Davi Souza (BRA), w.o-Fernando Junior (BRA)
03: 1-Matheus Navarro (BRA), 2-Kailani Rennó (BRA), 3-Alex Mattos (BRA), w.o-Ryan Coelho (BRA)
04: 1-Eric Bahia (BRA), 2-Kellyrson Cypriano (BRA), 3-Lucas Leme (BRA), 4-Wellington Carane (BRA)
05: 1-Gabriel André (BRA), 2-Guilherme Fernandes (BRA), 3-Davi Silva (BRA), 4-Leandro Teixeira (BRA)
06: 1-Sergio Luan (BRA), 2-Gustavo Moura (BRA), 3-Lucas Silveira (BRA), w.o-Kayan Medeiros (BRA)
07: 1-Matheus Gomes (BRA), 2-Eduardo Motta (BRA), 3-Thiago Meneses (BRA), 4-Deivid Buttner (BRA)
08: 1-Rodrigo Saldanha (BRA), 2-Lucas Bernardo (BRA), 3-Agustin Zanotta (URU), w.o-Samuel Joquinha (BRA)
09: 1-Wiggolly Dantas (BRA), 2-Pedro Martins (BRA), 3-Douglas Noronha (BRA), 4-João de Holanda (BRA)
10: 1-Pedro Neves (BRA), 2-Hugo Amparo (BRA), 3-Eduardo Mulford (BRA), w.o-Daniel Adisaka (BRA)
11: 1-Lucas Vicente (BRA), 2-Rickson Falcão (BRA), 3-Davi Reina (BRA), 4-Tamae Bettero (BRA)
12: 1-Mateus Sena (BRA), 2-Lucas Rosario (BRA), 3-Cleyton Felix (BRA), 4-Patrick Plachi (BRA)
13: 1-Murillo Coura (BRA), 2-Lucas Santos (BRA), 3-Ryan Kainalo (BRA), 4-Ruan Guimarães (BRA)
14: 1-Philippe Neves (BRA), 2-João Vitor Paulino (BRA), 3-Pedro Amorim (BRA), 4-Pedro Cimatti (BRA
15: 1-Guilherme Villas Boas (BRA), 2-Gabriel Klaussner (BRA), 3-Gustavo Araujo (BRA), w.o-Kainan Meira (BRA)
16: 1-Alejo Muniz (BRA), 2-Takeshi Oyama (BRA), 3-Maicol Santos (BRA), 4-Uilson de Oliveira Junior (BRA)

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias