25 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024
25 C
Papeete
sábado, 13 julho, 2024

Maracaípe recebe Encontro Nacional de Surfistas Negras e Nordestinas

Pontal de Maracaípe, em Ipojuca, Pernambuco, recebe neste sábado, 07 de outubro, o Encontro Nacional de Surfistas Negras e Nordestinas 2023.

Sob a organização do Movimento Surfistas Negras, o evento de acesso aberto ao público tem como sua missão fundamental unir mulheres de diversas idades e modalidades para um dia repleto de atividades esportivas à beira-mar. A programação abrangente oferece aulas de surfe ministradas por especialistas, sessões de yoga, sessões de freesurf, discussões inspiradoras, exposições de fotografias cativantes, exibições audiovisuais, performances musicais ao vivo, entre outras atrações.

+ Surfista entra para a lista das mulheres mais ricas do EUA com marca de roupa

O principal propósito do encontro é celebrar a riqueza da diversidade das mulheres negras e nordestinas, proporcionando um ambiente seguro e acolhedor para a prática do surf. “Esses encontros são oportunidades únicas para nos conectarmos com mulheres incríveis. Aqui, falamos e somos ouvidas, e tudo acontece com afeto e acolhimento“, afirma Érica Prado, a idealizadora do encontro.

Haverá aulão de surfe ministrado por ícones do esporte, como Nuala Costa, a primeira mulher negra a integrar o circuito brasileiro de surfe e fundadora do movimento “TPM Todas para o Mar”; Atalanta Batista, hexacampeã brasileira de Longboard; e Thati Gleise, uma das líderes do projeto “Mina do Surf”. A aula de yoga estará a cargo de Cris Queiroz, especialista na prática.

O Movimento Surfistas Negras, fundado em 2019, tem como propósito ampliar a visibilidade das mulheres negras e nordestinas na cena do surfe, reforçando a ideia de que o oceano pode ser um lugar de afeto e autoconfiança para todas.

Fonte: mundonegro.inf.br 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias