Publicidade:

Mais surf, menos guerra: As melhores ondas da Ucrânia

A Ucrânia tem ocupado diariamente os noticiários do mundo todo por conta da invasão russa ao país, que está gerando um dos maiores êxodos de refugiados deste século.

Sem entrar nos acalorados debates sobre as motivações do conflito, o fato é que todas as guerras são tristes e, como esse é um veículo de surf, vamos falar de coisas boas, como as ondas desse país.

Ok, a Ucrânia não é exatamente o que podemos chamar de um “paraíso do surf”, mas, nas condições certas, é possível fazer a cabeça.

Localizada no Mar Negro, Odesa é um dos destinos de surf favoritos do país. No passado, a cidade litorânea estava destinada a se tornar a capital do sul do Império Russo.

A imperatriz Catarina II, também conhecida como Catarina, a Grande, emitiu um decreto real para abrir outra janela para a Europa ao sul. E assim, Odesa foi fundada.

Veja também:

+ San Gallan: Leões Marinhos e altas ondas

Tetracampeão europeu de long bate a cabeça em pedra e fratura o pescoço em Safi Point

Mulheres se tornam surfistas e iniciam revolução de liberdade no Sri Lanka

Desde a sua fundação, a cidade sempre atraiu não apenas pessoas talentosas e criativas, mas também aventureiros e senhores afortunados com passaportes otomanos.

Os surfistas são relativamente novos, mas são cada vez presentes na paisagem da cidade. A comunidade de local é composta por pouco mais de uma dúzia de surfistas que desafiam a temperatura do ar frio e da água com roupa de borracha de 6/5 mm, capuz, botas e luvas.

Então, um número crescente de surfistas e guerreiros de fim de semana estão dando uma chance ao esporte e tornando-o uma realidade nas costas ucranianas do Mar Negro.

Arkadia e Kometa: As melhores ondas da Ucrânia

Odesa abriga dois dos melhores picos de surf da Ucrânia: Arkadia Beach e Kometa.

Arkadia é o local ideal para quem quer se divertir em uma prancha com mais volume, É uma onda cheia e raramente ultrapassa quatro pés, sendo ideal para para surfistas iniciantes.

Funciona para a esquerda e direita, foi a casa do Campeonato Nacional de Surf da Ucrânia, uma competição organizada pela jovem Federação Ucraniana de Surf (USF).

Em 2021, a Ucrânia se tornou o 109º membro da International Surfing Association (ISA) e fez sua estreia nos ISA World Surfing Games, com três atletas competindo em El Salvador.

Já a onda de Kometa quebra sobre um recife que oferece ondas realmente boas. Porém, só funciona algumas vezes durante o inverno – dezembro a março.

Por ser um importante porto marítimo e centro de transporte localizado no sudoeste do país, Odesa tem sido um alvo estratégico para o avanço Russo pela Ucrânia e pelo menos por hora, mesmo que o mar esteja clássico, não haverá surf por lá. Que essa realidade se transforme o quanto antes.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias