27 C
Papeete
domingo, 21 julho, 2024
27 C
Papeete
domingo, 21 julho, 2024

Jogos Pan-Americanos classificam peruano e canadense para as Olimpíadas

A torcida do Peru e Canadá teve muito o que comemorar nos Jogos Pan-Americanos de Santiago 2023, cujas finais das competições de surf se encerram na segunda-feira, em ondas grandes e pesadas em Puta de Lobos.

Campeão do shortboard masculino, o peruano Lucca Messinas assegurou sua vaga olímpica para Paris 2024 ao faturar a medalha de ouro na modalidade. Campeão pan-americano em 2019 e atleta olímpico de Tóquio 2020, Messinas teve um caminho duro até à final após cair para as repescagens na rodada 3. Felizmente, no caso do peruano, ele conseguiu dar a volta por cima, chegar até a grande final e vencer.

Pelos critérios de classificação aos Jogos, países que não conseguissem assegurar a vaga através do ranking da WSL, encontrariam essa possibilidade caso vencessem o Pan ou se ficassem atrás apenas de quem já tivesse a vaga assegurada.

Esse foi o caso da canadense Sanoa Dempfle-Olin que ficou com a medalha de prata após ser derrotada pela brasileira Tatiana Weston-Webb na final do Shortboard feminino.

A atleta olímpica de Tóquio 2020 e medalhista de ouro dos ISA World Surfing Games de 2023, Tati já estava classificada para as Olimpíadas via WSL. Assim, a briga pela vaga ficou entre Sanoa e a costa-riquenha Leilani McGonagle durante a semifinal que acabou por decidir mais uma vaga para os Jogos Olímpicos de 2024.

Agora, resta somente uma possibilidade de classificação, que será feita por meio do ISA World Surfing Games de 2024. A competição dará mais uma vaga olímpica, por gênero, às equipes nacionais masculina e feminina que vencerem a competição.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias