25 C
Papeete
terça-feira, 21 maio, 2024
25 C
Papeete
terça-feira, 21 maio, 2024

Jaws épico capturado por drone é dedicado a Márcio Freire

As imagens sensacionais do "Marcio Swell" em Jaws, capturadas pelo drone de Tucker Wooding, exibindo Billy Kemper, Nathan Florence e Albee Layer, entre outros

“De todas as sessões que filmei, esta foi provavelmente a minha favorita. Dia perfeito em Jaws”. É assim que o vídeomaker californiano Tucker Wooding, conhecido por suas incríveis filmagens de drone, apresenta no seu canal de YouTube essa sensacional compilação de tubos, drops e vacas cabulosas, registrados num dia épico no pico também conhecido como Pe’ahi, na ilha de Maui, no Havaí. Por se tratar de surf na remada em Jaws, nada mais justo que o vídeo seja dedicado a Márcio Freire.

+“Capaz de ir além da sabedoria convencional e nos ajudar a chegar lá”, diz Albee Layer sobre Marcio Freire

Ao Lado de seus companheiros Mad Dogs, os também baianos Danilo Couto e Yuri Soledade, Márcio Freire foi um dos responsáveis por abrir Jaws para o surf na remada, considerado impossível até então. Na raça, os três pioneiros mudaram a história do surf ao encarar no braço as ondas gigantescas do pico mítico. Marcio Freire veio a falecer em Nazaré, em 4 de janeiro de 2023, uma semana antes das imagens exibidas agora por Wooding terem sido capturadas.

+Márcio Freire é homenageado em vídeo de big rider havaiano

O dia em questão foi 11 de janeiro de 2023. Embora algumas das imagens daquele dia já tenham sido postadas num vídeo em que o big rider local Albee Layer também homenageava Marcio Freire, nessa nova edição, Wooding faz um releitura da sessão. Ele acrescenta imagens de outros surfistas e proporciona uma visão mais ampla de uma ondulação espetacular que ficou conhecida como “Marcio Swell”. Realmente emocionante imaginar que Marcio tenha enviado aquelas ondas para que surfistas do porte de Billy Kemper, Tyler Larronde, Torrey Meister, Kai Paula, Nathan Florence e Albee Layer, entre outros, seguissem dando continuidade ao seu legado.

Tucker Wooding ama filmar Jaws e deixa isso claro ao afirmar que: “Nazaré é divertida, mas é meio caótica e um monstro estranho. Mavericks também é especial, mas eu diria que Jaws é minha onda favorita para fotografar”. Essa preferência resulta numa dedicação extra à missão, onde ele coloca toda sua destreza no controle do drone em condições desafiadoras para qualquer piloto. As imagens resultantes permitem que o espectador seja posicionado na boca de imensas cavernas líquidas avançando em sua direção em alta velocidade. Quando maior a tela, melhor. Go for it.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias