Publicidade:

Jack Robinson é o campeão do Open México. Deivid Silva é vice

Após final emocionante, o australiano Jack Robinson consagrou-se campeão do Open México, etapa do circuito mundial da WSL finalizada nessa sexta-feira (13/8) em ondas de até 1 metro de altura nas direitas de Barra de La Cruz.

Robinson virou nos quatro minutos finais contra o brasileiro Deivid Silva, que ficou com o vice e emplacou o melhor resultado de sua carreira no circuito mundial.

Robinson, estreante no circuito, celebra sua primeira vitória – sob tutoria do professor e novo técnico, Leandro Dora – após uma performance radical e agressiva. Ele encontrou as gemas tubulares do dia e também arriscou tudo o que tinha nos aéreos.

Rumo à final

Com virada nos quatro minutos finais, o local da Praia Branca, de Bertioga, SP, Deivid Silva, garantiu sua vaga na final sobre o italiano Leonardo Fioravanti.

Silva deu uma amostra de seu backside afiado e potente. Consistente, ele esmurrou as direitas o quanto pôde. Com pouquíssimos erros, garantiu a melhor performance para seguir à disputa final.

Robinson travou um confronto emocionante e disputado contra o brasileiro Mateus Herdy, wildcard do evento.

O brasileiro sentiu a pressão do australiano logo no início. Robinson voou alto em um alley oop e seguiu manobrando para obter 7.33 pontos.

Na sequência, o aussie aumentou a diferença com 5.83 pontos, após passar por dentro de um canudo e dar algumas batidas e rasgadas. A 19 minutos do término, o brasileiro necessitava de 7.89 pontos.

Mateus Herdy, terceiro colocado no Open México, correu o evento como wildcard. Foto: WSL

Herdy tentou; arriscou nos aéreos, mas Robinson escolheu as ondas que permitiram maior potencial de nota. Robinson pegou mais uma; completou um air drop, um tubo, manobrou, e obteve 8.67 pontos para garantir sua vaga na final. Herdy precisou de 16 pontos para virar e terminou o evento com o terceiro lugar.

Entre as mulheres, Stephanie Gilmore foi a grande campeã após vencer a havaiana Malia Manuel – mais aqui.

Lembrando que o Open México agora é a última etapa do circuito mundial da WSL após o cancelamento do evento de Teahupoo, e os tops seguem para a final em Trestles, Califórnia, com janela prevista para 9 a 17 de setembro. 

Acompanhe as atualizações.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias