Publicidade:

Publicidade:

Publicidade:

Segundo maior poluidor, Indonésia quer acabar com lixo plástico


Em conjunto com as Nações Unidas, Indonésia inicia plano para acabar com o principal vilão da poluição marinha

Por Kevin Damasio

Neste ano, a etapa do Circuito Mundial em Keramas, Bali, foi além da competição. Limpezas de praia foram organizadas pela Corona, patrocinadora do evento, pelo projeto Parley of the Oceans e pela WSL Pure, braço ambiental filantrópico da entidade. Houve também experiências imersivas educacionais sobre a poluição do plástico no ambiente marinho, entre outras ações de conscientização.

De fato, é importante que haja ainda mais engajamento da comunidade do surf na batalha para reduzir tal cenário de poluição marinha no arquipélago. Quem já surfou ou mergulhou na Indonésia provavelmente se deparou com muito lixo plástico dividindo o lineup com surfistas e tubos perfeitos.

Pesquisadores americanos e australianos, liderados pela engenheira ambiental Jenna Jambeck, da Universidade da Geórgia, analisaram plásticos coletados nos oceanos ao longo do ano de 2010. A pesquisa, publicada recentemente, constatou que a Indonésia é o segundo país que mais produz lixo plástico no mundo. São 3,2 milhões de toneladas métricas de plástico oriundos do país, atrás apenas da China, responsável por 8,8 milhões. O Brasil, aliás, está entre os 20 maiores países poluidores, responsável por 0,5 milhão de toneladas métricas.

Veja também:

‘Onda de lixo’ em praia do Caribe revolta Kelly Slater, Carlos Burle e o mundo do surf

Diante deste dramático cenário, o governo da Indonésia estabeleceu, no fim de 2017, um plano nacional de ação para a gestão dos lixos nos oceanos, em conjunto com o Programa Ambiental das Nações Unidas. Além disso, será incluída no currículo escolar uma matéria referente ao lixo plástico marinho. A seguir, confira números que envolvem a poluição dos plásticos na Indo e a urgente batalha para reduzir tamanho estrago ambiental.

DAS CIDADES AOS OCEANOS: O LIXO NA INDONÉSIA

O cenário do lixo plástico marinho na Indonésia e as promessas do governo para diminuir o estrago:

135 MILHÕES DE PESSOAS é a população urbana da Indonésia

65 MILHÕES DE TONELADAS DE LIXO são produzidas no país anualmente

17 MILHÕES DE TONELADAS é o total de lixo não coletado anualmente

9 MILHÕES DE TONELADAS desse total é de lixo plástico.

1,29 MILHÃO DE TONELADAS de lixo é despejado pelo país no oceano todos os anos

80 POR CENTO dos plásticos despejado nos oceanos ali vem das cidades

70 POR CENTO DE REDUÇÃO da produção de lixo é a meta até 2025, em relação a 2017

UM BILHÃO DE DÓLARES será o orçamento anual do governo indonésio para tratar do problema

+Notícias

VÍDEO: Yago Dora em Pipeline...

Como é que foi a última semana de Yago Dora no Havaí, antes de...

Tom Curren surfando sozinho no...

“Free Scrubber”, o mais recente filme da série "The Search", da Rip Curl, traz...

Uma lista de alimentos anti-estresse

Diminuir o estresse com alimentação é possível. Por isso, preparamos uma lista de alimentos...

WSL lança campanha We Are...

A WSL - World Surf League anunciou na última terça-feira, 26, a campanha "We Are...