27 C
Papeete
quarta-feira, 24 julho, 2024
27 C
Papeete
quarta-feira, 24 julho, 2024

Ian Gouveia quer vitória no QS 5000 Hang Loose Pro Contest em Noronha

Motivos não faltam para o surfista Ian Gouveia buscar a vitória no Hang Loose Pro Contest apresentado por Elétron Energy, o mais tradicional campeonato de surf da América Latina, que tem início marcado para terça-feira (28), na Ilha de Fernando de Noronha. Atual vice-líder do ranking sul-americano da World Surf League (WSL), ele precisa vencer para manter as chances de sagrar-se o campeão continental. Além disso, compete no evento feito por seu patrocinador, desde a infância e que está na sua lista de desejos como profissional.

Leia mais:

+ No olho da tempestade, há luz: solidariedade toma conta do litoral paulista

+ Surfistas profissionais se mobilizam para ajudar vítimas das chuvas do litoral norte de SP

+ Koa Rothman é pego dentro de recife seco. Assista

Válida pelo ranking da WSL Latin America, a etapa do Qualifying Series (QS), status 5000, é decisiva para quem almeja chegar no Challenger Series, o “último degrau” antes do World Surf League Championship Tour (CT). As disputas serão realizadas na Praia da Cacimba do Padre, com a “janela” até o dia 5.

Ex-integrante do CT, em 2017 e 2018, Ian compete em Noronha com muita experiência no local. Sua relação com a ilha teve início ainda na infância, quando acompanhava o pai, o ídolo Fábio Gouveia (hoje o diretor de prova do evento), competindo. Esteve em todas as etapas realizadas na ilha, desde 2000, e a partir de 2008 também passou a competir, estando presente em todas as sete edições de lá para cá.

Ian Gouveia bom nos tubos e nos aéreos também (Crédito da Foto: Hang Loose)

Seus melhores resultados foram dois quintos lugares, um em 2009, e depois em 2020, ambos barrado pelos vencedores da etapa, Bruno Santos, na primeira vez, e o marroquino Ramzi Boukhiam, na última. Agora, ele espera uma vitória, para o manter na disputa pelo título sul-americano. “A expectativa é muito boa. Eu venho de alguns anos batalhando novamente no QS, algumas temporadas tentando digerir um pouco as mudanças no Circuito Mundial. Foram tempos de muitas lesões e agora me sinto 100% para competir, física e mentalmente”, afirma.

“Estou indo para essa etapa de Noronha na vice-liderança do ranking sul-americano. É muito bom, porque os oito primeiros vão se classificar para o Challenger Series e esse é o meu foco. Com um bom resultado agora, já posso garantir minha vaga e depois ir para os Challengers pensando no CT”, comenta.

Ian fala de sua relação com a ilha e com o Hang Loose Pro Contest. Valoriza a iniciativa de seu patrocinador, a Hang Loose, por manter tantos anos o evento, mas descarta qualquer tipo de pressão por estar competindo nele. “Na minha trajetória está faltando uma vitória em Fernando de Noronha. Espero ir mais longe esse ano e levar o caneco. Com certeza, se colocar na lista de cinco prioridades que eu ainda quero fazer na minha carreira, vencer um evento em Noronha e sendo um Hang Loose Pro Contest, é uma delas”, ressalta.


Ian Gouveia sempre irradiando alegria e simpatia (Crédito da Foto: Hang Loose)

“Noronha sempre é um lugar muito bom de voltar, um dos lugares mais irados para ter um evento. As ondas são incríveis. Cacimba é um dos lugares favoritos que tenho e é sempre bom competir e o Hang Loose lá é um campeonato dos sonhos”, acrescenta Ian. “Sobre ser campeonato do meu patrocinador, sou muito tranquilo quanto a isso, sem nenhum tipo de pressão. Sempre levei isso como incentivo. Isso traz energia boa para tentar fazer o melhor, me sinto à vontade quando estou competindo”, complementa.

RETORNO AO CT – O surfista também comenta sobre a possibilidade de retornar ao CT ainda este ano, destacando estar mais maduro em relação à sua primeira passagem. “A motivação é muito grande. Eu sinto que estou num dos melhores momentos física e mentalmente e acredito que desde que saí da elite, em 2018, o meu surf deu uma evoluída. Todos esses anos eu pude trabalhar o que achei que estava faltando para ser um surfista consolidado e ficar lá por anos. Só questão de tomar as decisões certas”, garante.

O Hang Loose Pro Contest começou a ser disputado em 1986. Foram, até o momento, 36 edições, 15 em Noronha. Vale lembrar que nessa história, Fabinho Gouveia foi o primeiro brasileiro a vencer, em 1990. O Hang Loose Pro Contest apresentado por Elétron Energy, é uma realização do Instituto Incentiva, com homologação da World Surf League (WSL) e patrocínios da Elétron Energy, através da Lei de Incentivo ao Esporte, do Governo de Pernambuco, e da Hang Loose.

 

 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias