26 C
Papeete
domingo, 16 junho, 2024
26 C
Papeete
domingo, 16 junho, 2024

Ian Gouveia embarca sozinho para representar o Brasil no Japão

A política não vai roubar o sonho de Ian Gouveia. É o que pode ser visto no stories do Instagram do atleta, onde ele mesmo mostra está voando rumo ao Japão – por conta própria – para disputar o ISA World Surfing Games, em Tahara.

Em uma das publicações, Ian exibe uma fotografia em um aeroporto na Califórnia com as suas bagagens e quiver de pranchas, que sugerem uma viagem. Na outra, já dentro do avião, uma placa de “saída de emergência” também com palavras em japonês, dão um teaser da viagem.

Veja também

No feed do insta do surfista – @iangouveia – um post publicado há três dias com uma fotografia de Ian competindo no Tahiti, antes do escândalo do cancelamento por whatsapp do embarque dos atletas ao Japão vir à tona, Elka Gouveia, mãe do top incentivava o filho: “Borá pro Japão bebê!!”

O evento, que acontece entre os próximos dias 15 e 22 de setembro, em Tahara, confere duas vagas aos melhores atletas das Américas para disputar os jogos Pan-Americanos, que será realizado no Peru em 2019, e ate então o Brasil estava fora da competição por ingerência da CBSurf – que ainda não emitiu uma nota oficial sobre o caso. A competição também marca a estreia oficial do surf no ciclo olímpico.

Segundo reportagem publicada no site Waves, que conversou com Ian Gouveia, ele tomou a decisão por querer repetir o feito do pai e legend Fabinho Gouveia, que neste ano de 2018 celebra 30 anos da conquista do campeonato mundial amador em Porto Rico.

“Depois da notícia de que a CBSurf não conseguiria levar o time do Brasil, como eu já estou no meio caminho, pois estou na Califórnia, decidi ir por conta própria. Este ano marca a comemoração dos 30 anos do título mundial do meu pai em Porto Rico, e pra mim seria uma honra repetir aquela conquista. Por isso, solicitei à CBSurf essa autorização e estou embarcando hoje para o Japão, para representar o meu país e tentar repetir o feito do meu pai”, contou Ian ao Waves.

“Além disso, quero muito conquistar a vaga nos Jogos Pan-Americanos do Peru em 2019, sendo que os dois melhores atletas das Américas nesse evento do Japão já garantem essa vaga sem depender da convocação da CBSurf. Estou muito sentido pelos outros companheiros do time brasileiro que não poderão estar lá comigo, mas quero dar o meu melhor por eles também e trazer mais esse título para o nosso país”, declaração que encerra a publicação.

Entenda o caso

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias