26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024
26 C
Papeete
quinta-feira, 23 maio, 2024

Huntington Beach proíbe uso de bandeiras do arco-íris em propriedades da cidade

Durante a década de 1960, Huntington Beach ganhou o apelido de “Surf City” quando a dupla de músicos Jan and Dean lançou uma canção de sucesso com o mesmo nome em homenagem à cidade. A identificação foi tamanha que em 1991 a cidade registrou oficialmente o apelido.

Mas com o passar dos anos, contudo, a “Surf City” também passou a ser conhecida por outro apelido: “Cidade mais conservadora da Califórnia”. Exagero ou não, o fato é que os eleitores de Huntington Beach aprovaram essa semana a chamada “Medida B”, uma lei municipal que proíbe a exibição de bandeiras “comemorativas”, nomeadamente as bandeiras do Orgulho LGBT, a famosa bandeira do arco-íris, além de bandeiras de conscientização sobre câncer de mama e religiosas, em propriedades da cidade.

+ Nathan Florence e amigos no melhor Cloudbreak desde 2018

Bandeiras oficiais da cidade, do condado e do estado, juntamente com a bandeira das forças armadas e faixas comemorativas ou das Olimpíadas, ainda serão permitidas. A medida foi aprovada com 58% dos votos de acordo com o Registro de Eleitores do Condado de Orange.

Nos últimos anos, Huntington Beach tem ganhado manchetes nacionais por sua conhecida reputação conservadora. Desde protestos contra máscaras e uso de vacinas durante a pandemia, até questões delicadas como imigração, tratamento a moradores de rua e quais livros podem permanecer ou não nas bibliotecas municipais. Em 2022, quatro candidatos conservadores foram eleitos para o Conselho da Cidade, pavimentando o caminho para a aprovação da lei que anulou uma decisão anterior que permitia que a bandeira do Orgulho LGBT fosse hasteada em prédios da cidade durante o Mês do Orgulho em junho.

O Conselho da Cidade de Huntington Beach é dominado por uma maioria cujo único interesse é promover uma agenda de intolerância para comunidades minoritárias, incluindo indivíduos LGBTQ+“, disse Peg Coley, diretora executiva do Centro LGBTQ Orange County, em um comunicado à imprensa.

De acordo com a nova Medida M, um voto unânime do Conselho da Cidade será agora necessário para que se levante novamente qualquer bandeira comemorativa em propriedades da cidade.

Fonte: ABC News

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias