Publicidade:

Publicidade:

Publicidade:

Gravemente ferido, surfista pede por ‘socorro’ na areia e desmaia


Um surfista ferido foi resgatado de uma praia remota de West Auckland, Nova Zelândia após escrever a palavra ‘HELP’ na areia.

O homem surfava sozinho na praia de Karekare quando perdeu a prancha na arrebentação e foi jogado nas rochas, segundo uma porta-voz da região do Surf Life Saving Northern.

+ Kai Lenny chama Kelly Slater para desafio de uma bateria. VÍDEO
+ For Whom The Atolls: a nova triologia da Billabong acontece em onda isolada em atol privado de Martin Daily. Assista
+ Dicas essenciais para prevenir lesões e fortalecer o corpo e a mente

Ele ficou gravemente ferido e incapaz de sair por qualquer uma das trilhas.

Algumas horas depois, uma pessoa em uma pista de caminhada com vista para a baía de Mercer viu o homem escrevendo a mensagem na areia antes de desmaiar.

A pessoa ligou para o United North Piha Surf Club e um jet ski Surf Life Saving foi enviado de Piha com dois salva-vidas e equipamento de primeiros socorros para conduzir uma busca pelo homem.

Os salva-vidas conseguiram encontrar o surfista que lhes disse que havia escrito a mensagem em desespero, esperando que alguém a visse.

Primeiros socorros de emergência foram realizados no homem, que foi levado ao hospital.

A porta-voz disse naquela tarde que a esposa do homem denunciou seu desaparecimento à polícia depois de ficar preocupada por não ter notícias dele.

O Rescue Communications Center do Surf Life Saving, SurfCom, conseguiu confirmar que o homem que os salva-vidas tratavam era a pessoa desaparecida e a notícia foi dada à sua família.

O supervisor de Busca e Resgate, John-Michael Swannix, disse que o homem teve “muita sorte”.

“A mensagem na areia não é visível nas trilhas de caminhada no extremo norte de Mercer Bay, então foi uma sorte que a informante e sua amiga estivessem no extremo sul e pudessem ver.”

Como Auckland estava em nível de alerta 3, não havia tantas pessoas na área que Swannix disse.

Uma coisa para lembrar quando Auckland voltou ao nível 2, Swannix disse que as pessoas sempre deveriam surfar ou nadar com outra pessoa.

“Significa apenas que há alguém para cuidar de você ou pedir ajuda se algo der errado”.

O Surf Life Saving tinha 17 esquadrões de emergência de Ahipara até Raglan, que estavam disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana para responder a incidentes como este, disse Swannix.

“Se alguém está com problemas, as pessoas só precisam ligar para 111 e pedir salva-vidas à polícia.”

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias

Alex Ribeiro treinando forte em...

Na semana em que embarca para as etapas do Tour mundial na Austrália, o...

Russell Bierke, um dos tube...

Depois de se consolidar no topo dos surfistas de ondas grandes que conquistaram a...

Kelly Slater, Kolohe Andino e...

Mesmo com as fronteiras fechadas para o turismo, alguns afortunados, como Kelly Slater, conseguiram...

WSL lança documentário sobre épica...

O surf em ondas gigantes é certamente um esporte de consequências e nem mesmo...