Extraordinária, Rayssa Leal é prata no skate street feminino

Mais Lidas

O skate street feminino terminou nesta segunda-feira, 26/7, com uma conquista histórica da maranhense Rayssa Leal, 13 anos, ao vencer a prata olímpica.

Com o resultado, a skatista se torna a terceira medalhista individual mais jovem da história brasileira após 85 anos, em sua primeira participação olímpica, que também marca o début do skate nas Olimpíadas.

“Eu estou muito feliz, porque pude representar todas as meninas, a Pâmela e a Leticia, que não se classificaram; todas as meninas do skate e do Brasil. Estar aqui e realizar meu sonho e o sonho dos meus meus de ganhar uma medalha, é muito gratificante,” disse Rayssa em entrevista após o término da final.

A Nishiya Momiji, do time Japão, da mesma idade que Rayssa, foi a primeira colocada. A japonesa Funa Nakayama, 16 anos, completou o pódio e assim o Japão celebrou sua dobradinha no skate street feminino.

Leia: 
+ Guia das Olimpíadas: tudo sobre o skate
+ “Estou vivendo um sonho,” diz Rayssa Leal

As outras duas integrantes do Time Brasil, Letícia Bufoni e Pâmela Rosa, deram adeus às Olimpíadas na rodada eliminatória, terminando respectivamente na 9ª e 10ª colocação.

No skate street masculino, o brasileiro Kevin Hoefler fez história conquistando a prata – a primeira medalha do Brasil nas Olimpíadas; leia mais aqui.

Confira abaixo a galeria do Time Brasil de Skate Street em sua estreia olímpica:


Últimas Notícias