Publicidade:

Esse tamanho de mar pode fazer Pipeline virar o maior pesadelo (vídeo)

Nos últimos meses, comentamos muitas e muitas vezes por aqui como Pipeline está vivendo um inverno atípico para o surf. Atípico no sentido bom, no sentido inesquecível da palavra. Foram meses muito constantes de onda e várias ondulações encaixaram de verdade, proporcionando verdadeiros dias clássicos.

Veja também:

+ Dane Reynolds e amigos tirando onda em Rocky Point

+ No segundo reef de Pipe, Mark Healey pega a melhor onda do seu inverno (vídeo)

+ Surfista fica preso no lip e dá a pior barrigada já vista em Pipe (vídeo)

Mas como nem tudo são flores, o lado ruim é quando a série entra e os surfistas são pegos pela enorme massa d’água que quebra sobre a bancada sinistra de coral. Ou quando o vento segura e o surfista despenca lá de cima. Ou quando um pump da onda atrapalha e a queda vem do mesmo jeito. Ou quando qualquer outra simples situação dá errado. Sabe aquela história do filho que chora e a mãe não vê? Em algum momento, todo surfista que surfa Pipeline em condições sinistras passa por isso.

Na verdade, quando o mar está grande a ponto de quebrar outer reef de Pipeline, surfar pode ser seriamente perigoso e, rapidamente, o que era para ser divertido, pode virar um verdadeiro pesadelo. Nessas horas, mesmo os surfistas mais atirados costumam questionar o que raios estão fazendo na água.

Nos primeiros minutos do vídeo publicado no canal do Youtube Parker Seidel você pode conferir mais sobre esses momentos assustadores que assombram a vida de surfistas corajosos.

Aperte play e assista Pipeline em um dia daqueles que o pesadelo pode bater na porta:

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias