Publicidade:

Esqueleto gigante é encontrado no litoral de SP

Enterrado há mais de 12 anos, esqueleto gigante de baleia é desenterrado por acaso na praia Barra do Una em Peruíbe, neste final de semana. Com cerca de quatro metros de comprimento, especialistas indicam que a ossada pode ser de uma espécie de baleia chamava baleia-de-bryde.

+ Vídeo: baleia jubarte é encontrada morta em Praia Grande; mesmo aconteceu no PR
+ Baleia Jubarte de 30 T é filmada pulando totalmente para fora da água
+ Surfista morre após ataque de tubarão-branco na Austrália
+ Homem morre em salto de base jump na Zona Sul do Rio; veja vídeo

A praia em questão fica próxima ao centro da cidade, e quem passou por ali neste final de semana conseguiu ver o grande osso de baleia na faixa de areia, como o pescador local Marcelo Rodrigues, 46 anos.

“Passo por ali quase todos os dias, mas naquele dia me deparei com aquilo tudo. Corri para casa, que fica perto, para buscar o celular e tirar fotos”, contou o pescador. Após visualizar as imagens o biólogo Douglas Rey afirmou que aquele grande esqueleto era de uma baleia.

“Apesar de parte da coluna estar enterrada, dá para perceber que são vértebras bem espessas do pedúnculo caudal de uma baleia”, explicou o especialista. “Principalmente pelo fato das costelas, que ficam na coluna torácica, não estarem presentes e um osso separado ser muito semelhante ao quadril vestigial”, completou.

De acordo com Douglas, a ossada estava enterrada há muitos anos. “Talvez a baleia morreu e ficou boiando por muito tempo antes do encalhe e soterramento”.

Responsável pelo Aquário Municipal e presidente do Instituto Ambiecco, Thiago Augusto, disse que foi informado sobre o caso e confirmou que o esqueleto gigante realmente é de uma baleia. Ele conta que, o grande esqueleto pode pertencer há uma baleia-de-bryde que encalhou na praia em 2009.

“Quando apareceu esse esqueleto, eu lembrei dessa encalhe. Não lembro de outro acontecimento naquela região”, compartilhou o biólogo.

A baleia em questão, foi enterrada naquele local e, de acordo com o biólogo, passaram-se os anos e a maré poderia ter levado a areia que acabou cobrindo o animal e soterrando-o. Ele conta que, para ter certeza da espécie do bicho, será necessário realizar alguns testes, devido ao estado de decomposição da ossada.

O Instituto Biopesca, que é uma das responsáveis do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), e igualmente responsável pela gestão da praia onde o grande esqueleto foi encontrado, já foi acionado e uma equipe foi até o local conferir o osso da baleia, para saber porque ela surgiu e se será possível removê-la.

Atualização sobre o caso

Nessa tarde foi divulgado que o esqueleto gigante encontrado na praia, desapareceu misteriosamente. Algumas hipóteses foram levantadas, mas ainda não se sabe ao certo o que aconteceu.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias