28 C
Papeete
domingo, 26 maio, 2024
28 C
Papeete
domingo, 26 maio, 2024

Conheça projetos que democratizam o surf e defendem a natureza

Filipe Toledo e Pedro Scooby são dois surfistas empenhados em projetos que democratizam o surf e defendem a natureza

Feitos inéditos, campeões mundiais, medalha de ouro na estreia das Olimpíadas e desbravadores das maiores ondas do planeta. Não é segredo que o Brasil é um dos maiores polos de surf do mundo, com inúmeros picos para pegar onda e atletas que estão sempre no topo dos rankings das competições. No entanto, a filosofia do surf vai além de pegar a onda perfeita e conquistar títulos. Fomentar o esporte, dar oportunidades a jovens talentos, respeitar os limites da natureza e ajudar o próximo, dentro e fora d’água, são alguns dos pilares do esporte.

Referências mundiais e inspirações para surfistas de todas as gerações, Filipe Toledo e Pedro Scooby são dois atletas que estão sempre buscando empreender em projetos socioambientais, a fim de trazer, cada vez mais, os pilares do esporte para dentro da sociedade brasileira. Em paralelo às competições da elite do surf, Filipe, atual campeão mundial da WSL (Circuito Mundial de Surf), possui diversos empreendimentos para inclusão e fortalecimento do surf na sociedade, como a Filipe Toledo Surf School, que busca desenvolver atletas da categoria de base, na Praia Grande de Ubatuba, sua cidade natal, no litoral de São Paulo.

+ Kelly Slater vai dar W.O. em Saquarema?

Ele também é padrinho do Projeto Namaskar, que oferece educação através de oficinas e cursos, com acompanhamento social e psicológico, cuidados com a saúde e serviços de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. O Namaskar também conta com oficinas de yoga, ballet, surfe, teatro musical, violão, bateria, futebol, entre outros esportes. Além disso, o campeão ainda promove o circuito Filipe Toledo Kids On Fire, organizado por ele e sua loja em Ubatuba, a Filipe Toledo Surf Store. O intuito do campeonato é fomentar o esporte em seu local de origem, contemplando atletas de 10 a 16 anos de todo o Brasil.

Já Pedro Scooby, vice-campeão mundial de Ondas Gigantes, além de enfrentar paredes de água em Nazaré, mergulhou com tudo em projetos sociais envolvendo o meio ambiente. Ele realiza um projeto de democratização de água potável, idealizado junto com a Mamba Water, marca de água em lata que é sócio, que incentiva a conscientização socioambiental e a universalização do saneamento.

O projeto consiste em distribuir um litro d’água a cada lata vendida para os moradores de Acopiara, no Ceará, uma das regiões que mais sofrem com falta de saneamento básico. Além disso, envolve a construção de uma estação de tratamento, que já está sendo desenvolvida, com o apoio do Sisar (Sistema Integrado de Saneamento Rural), com objetivo de levar água tratada a 600 famílias, transformando a vida de cada morador da região.

O verdadeiro lifestyle 

Além de projetos sociais e ambientais que Pedro Scooby e Filipe Toledo carregam para todos os cantos do mundo, ambos possuem documentários mostrando seus lifestyles, que vão para além das ondas e adentram suas conexões com a natureza.

Scooby, além de um programa no Canal Off chamado “Pedro vai pro Mar”, o qual Filipinho aparece com frequência, ele também realizou, no final do ano passado, um documentário mostrando sua vida, intitulado “A Vida É Irada, Vamos Curtir”. As duas produções estão disponíveis no Globoplay.

Enquanto isso, Filipe possui curta-metragens no seu canal do YouTube, no qual mostra os destaques das melhores viagens feitas com o esporte, como Pipeline (Havaí – EUA), Sunset Beach (Havaí – EUA), Haleiwa (Havaí – EUA), Salinas Cruz (México), entre outros picos marcantes para o surfista.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias