Publicidade:

Chloe Calmon vence competição no México com quase 200 longboarders

A brasileira Chloe Calmon venceu o Mexilogfest em Sayulita, no México, na última quarta-feira (27). O evento reuniu 180 longboarders de 26 países e contou com 10 dias de disputas de pranchão.

Veja também:

Surfista de 60 anos quebra o recorde mundial da sessão de surf mais longa do mundo

Quer cansar as pernas? Conheça os 7 picos com as ondas mais longas do mundo

Mulheres viram surfistas e provocam revolução silenciosa no Sri Lanka

Na final, a brasileira venceu sua maior rival, a havaiana Honolua Bloomfield, que é tricampeã mundial da World Surf League (WSL). No masculino, o grande campeão foi o mexicano Jonathan Melendres.

Chloe chega ao Brasil neste sábado (30) e no dia seguinte já parte para a Austrália. Isso porque do dia 16 a 24 de maio abre a janela do evento em Manly Beach, GWM Sydney Surf Pro WLT, a primeira das três etapas do mundial de longboard da WSL.

A vitória no México foi importante para trazer ainda mais motivação para Chloe Calmon, já que as atletas do Longboard Tour estavam todas por lá. “Começar o ano com uma vitória tão importante mostra que minha preparação foi adequada no período pré-competição. Chegarei lá bastante motivada e sei que, se der o meu melhor, posso obter um bom resultado.”, disse Chloe ao UOL.

Depois da etapa australiana, o mundial segue para a Califórnia, em Huntington Beach, entre os dias 3 e 7 de agosto e, por fim, a etapa final acontece em Malibu, entre 3 e 13 de outubro. Em 2021, a brasileira terminou o mundial com o 3º lugar, atrás da campeã Honolua Bloomfield e da vice-campeã, a francesa Alice Lemoigne.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias