26 C
Papeete
segunda-feira, 15 julho, 2024
26 C
Papeete
segunda-feira, 15 julho, 2024

CBSurf Floripa Pro será decidido amanhã após cancelamento neste sábado

Por Redação

Como já estava previsto, o vento Sul entrou forte com chuva durante a noite e o sábado amanheceu com mar muito mexido na Praia Mole. As condições não melhoraram e a continuação do CBSurf Floripa Pro foi cancelada na segunda chamada do sábado, às 12h30. O restante das baterias ficaram para o domingo, com os dois últimos duelos das oitavas de final masculinas começando às 7h00. Depois, vem as quartas de final das duas categorias, as semifinais e as decisões dos títulos desta quarta etapa da Divisão Principal da Confederação Brasileira de Surf na Ilha de Santa Catarina.

+ Pan-American Soul 2022: Tensão em dose dupla
+ “Esse novo formato é nada a ver”, diz Medina sobre WSL Finals

A nova diretoria da entidade máxima do esporte no país, eleita esse ano com Teco Padaratz na presidência e o também ex-top da elite do CT, Paulo Moura, como vice-presidente, está promovendo o Circuito Brasileiro Profissional com uma premiação histórica de 280.000 Reais em cada etapa. Todas com o princípio da igualdade, com homens e mulheres recebendo o mesmo valor. O campeão e a campeã do CBSurf Floripa Pro ganharão 30.000 Reais, sendo assim também para os outros e as outras surfistas mais bem colocados na Praia Mole.

A etapa catarinense começou na segunda-feira, com 236 participantes de 13 estados do país. Agora, só restam 18 concorrentes aos títulos, com 14 já se classificando para as quartas de final na sexta-feira. Restaram duas baterias para completar as oitavas de final masculinas, que ficaram para abrir o último dia. Em todos os dias, o CBSurf Floripa Profoi transmitido na internet pelo CBSurf.org.br e o domingo vai começar às 7h00, ao vivo da Praia Mole.

A primeira bateria será a do líder do ranking catarinense profissional, José Francisco, o Fininho, com Patrick Plachi. Na segunda, que vai definir a última vaga para as quartas de final, entra o pernambucano Ian Gouveia com o atual campeão brasileiro profissional da CBSurf e recordista absoluto da etapa catarinense com duas notas 10 nas ondas da Praia Mole, Mateus Herdy. Depois, começam as quartas de final masculinas, seguidas pelas femininas, as semifinais das duas categorias e as decisões dos títulos.

LÍDERES DOS RANKINGS – A catarinense Tainá Hinckel é uma das classificadas para as quartas de final. A surfista da Guarda do Embaú ganhou duas das três etapas da divisão principal do CBSurf Pro esse ano e não perde a liderança do ranking em Florianópolis. Ela vai disputar a segunda bateria com a também catarinense Isabelle Nalu. A primeira, entre a cearense Silvana Lima e a paulista Julia Santos, vale a terceira posição no ranking. A vice-líder, Julia Duarte, entra na terceira quarta de final com outra surfista do Rio de Janeiro, Kayane Reis. E a última será entre a jovem catarinense Laura Raupp e a experiente Taís Almeida, de Saquarema (RJ).

Entre os homens, o líder do ranking brasileiro, Krystian Kymerson (ES), perdeu a bateria que fechou a sexta-feira de altas ondas na Praia Mole, para Peterson Crisanto (PR). Com a derrota em nono lugar, Krystian pode perder a primeira posição no domingo. O baiano Yage Araujo, que mora perto da Praia Mole há 2 anos, já assume a ponta se passar pelo carioca Lucas Silveira na abertura das quartas de final. O segundo duelo será entre dois ex-tops da elite do CT, o campeão mundial Adriano de Souza e o catarinense Willian Cardoso. E o terceiro também já foi formado pelos resultados da sexta-feira, com Peterson Crisanto enfrentando o paulista Robson Santos.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias