26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024
26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024

Capítulo Perfeito compensa pegada de carbono com proteção da Amazônia

O campeonato de surf Capítulo Perfeito quer ser mais perfeito ainda. O evento, que tem como objetivo colocar convidados vindos do mundo inteiro nos melhores tubos de Portugal, contará com uma iniciativa inovadora para compensar a pegada de carbono, colocando em foco a preservação da Amazônia brasileira. Em um esforço para enfrentar os danos ambientais associados às viagens internacionais via transporte aéreo que serão realizadas pelos competidores, a organização decidiu que algo deveria ser feito para deixar um impacto positivo na preservação do meio ambiente.

Segundo a NASA, os meios de transporte contribuem com cerca de um quarto das emissões globais de dióxido de carbono, ficando atrás apenas do setor de energia elétrica. O transporte aéreo, responsável por aproximadamente 2,4% das emissões globais anuais de CO2, contribui com cerca de 4% para o aquecimento global induzido pelo homem, de acordo com um estudo de 2021.

Rui Costa, o organizador do Capítulo Perfeito, reconhece a relevância do evento no cenário global do surf e a consequente emissão significativa de carbono associada aos deslocamentos de avião dos participantes. “Ao trazer para Portugal alguns dos melhores tuberiders, dos quatro cantos do mundo, sabíamos que a nossa pegada de carbono seria significativa”, afirmou.

No ano passado, o evento alcançou o feito de se tornar o primeiro e único na cena portuguesa a neutralizar sua pegada de carbono, financiando o Projeto Castañeros, no Peru, voltado à preservação da Amazônia peruana.

Para a edição atual, a organização do Capítulo Perfeito expandiu seu comprometimento ambiental ao apoiar o Projeto Envira, uma iniciativa destinada a prevenir o desmatamento deliberado na Floresta Amazônica brasileira.

Este projeto abrange uma extensão de cerca de 39 mil hectares de floresta tropical ao longo do Rio Jurupari, nas proximidades da cidade de Feijó, no estado do Acre. Originalmente ameaçada pelo desmatamento para abrir espaço a uma grande fazenda de gado, o Envira Project conseguiu, por meio de um acordo voluntário, impedir a destruição da área. Esse acordo envolveu a preservação da floresta em troca da geração de créditos de compensação de carbono.

Além da proteção ambiental, o Envira Project tem como objetivo aprimorar a qualidade de vida das comunidades locais. Para atingir esse fim, o projeto implementa iniciativas educacionais, cria oportunidades de emprego e investe em infraestrutura local. Essas ações visam preservar a biodiversidade da região, além de promover o desenvolvimento sustentável e melhorar as condições de vida das pessoas que dependem diretamente desse ecossistema.

A parceria estratégica entre o Capítulo Perfeito e o Envira Project foi concretizada graças à colaboração com a Iniciativa Reflora, uma startup ambiental que auxilia organizações na mensuração, redução e compensação de suas emissões de carbono. Após o término do evento, a Reflora fornecerá relatórios técnicos detalhando a quantidade de CO2 liberada durante a preparação da competição, que será compensada por meio de investimentos no Projeto Envira.

+ O melhor de Gabriel Medina em Pipeline, segundo a WSL

“Como um evento que tem seu palco nas ondas do mar, a sustentabilidade está intrinsicamente ligada ao DNA do Capítulo Perfeito”, destacou Costa. “É fundamental que consigamos reverter nossas emissões de carbono e encontrar maneiras compensatórias de preservar o planeta e os oceanos. Em 2024, mantemos nosso compromisso com o meio ambiente, renovando esforços em direção à descarbonização e à redução do impacto ambiental em níveis local e global.”

A competição acontece em condições clássicas de ondas na praia de Carcavelos, em Portugal, e está com a janela aberta até 9 de março. Enquanto o evento não acontece, a organização assume o compromisso de adotar práticas sustentáveis – agora com um olhar especial para a preservação da Amazônia brasileira.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias