29 C
Papeete
sexta-feira, 14 junho, 2024
29 C
Papeete
sexta-feira, 14 junho, 2024

Capital da Indonésia está afundando e pode desaparecer até 2050

A cidade de Jacarta, capital e maior metrópole da Indonésia, com mais de 18 milhões de habitantes, pode sumir do mapa em até 30 anos. Desde 1970, a cidade, que fica na ilha de Java, afundou quatro metros, e a previsão é de que bairros inteiros possam ficar submersos até 2050 se a tendência não for revertida, segundo reportagem do canal de televisão britânico BBC.

O fenômeno tem duas explicações. A primeira é a elevação do nível dos oceanos em todo o planeta. Com o aquecimento global, praticamente todas as cidade litorâneas do mundo estão perdendo altitude em relação ao nível do mar.

Veja também: Mistério do Triângulo das Bermudas desvendado: ondas de 100 pés em alto mar

A segunda é uma particularidade da capital da Indonésia. A água encanada na cidade não é de qualidade comprovada e, em alguns bairros, ela sequer chega. Assim, é normal que os moradores cavem poços artesanais e bombeiem água do subsolo para uso cotidiano. Estima-se que 60% dos moradores de Jacarta façam isso.

A constante retirada de um substancial volume de água das camadas subterrâneas faz com que o solo vá cedendo em uma velocidade preocupante: cerca de 25 centímetros por ano, mais ou menos o dobro da média global.

Além disso, a retirada de praticamente toda a cobertura vegetal da área da metrópole também pode ter contribuído para o enfraquecimento do solo. Ela já é apontada como uma das principais causas das constantes enchentes na cidade (foto de capa).

Apesar da situação em Jacarta ser alarmante, não há nenhum sinal de que o fenômeno esteja se repetindo – pelo menos não com a mesma intensidade – em outras cidades de outras ilhas do país-arquipélago.

Veja também: Terremoto deixa ao menos 98 mortos na ilha de Lombok, Indonésia

Texto: Redação HC
Imagem: WRI/Divulgação

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias