26 C
Papeete
sábado, 18 maio, 2024
26 C
Papeete
sábado, 18 maio, 2024

Brasileiros fazem ótima estreia no Shiseido Tahiti Pro

Os surfistas brasileiros fizeram uma ótima estreia no Shiseido Tahiti Pro, décima e última fase classificatória do Circuito Mundial de Surfe (CT) 2023 iniciada nessa sexta-feira (11) nas ondas de Teahupoo. Yago Dora, Gabriel Medina, Filipe Toledo e Tatiana Weston-Webb se destacaram ao avançar diretamente para o round 3. Contudo, Caio Ibelli e João Chianca enfrentam a necessidade de disputar a repescagem.

Na bateria inaugural do round 1, Yago Dora competiu contra Kelly Slater e Ian Gentil, mas o verdadeiro confronto se deu entre o brasileiro e o americano. A batalha foi acirrada, com Yago superando as baixas notas do havaiano. No entanto, foi Slater que conquistou a nota mais alta da bateria. Ainda assim, Dora avançou com um somatório que lhe garantiu a primeira colocação e uma vaga nas oitavas de final

SHISEIDO Tahiti Pro presented by Outerknown
Yago Dora competiu contra Kelly Slater e Ian Gentil vencendo o confronto. Foto: Matt Dunbar/World Surf League)

Em seguida, João Chianca encontrou dificuldades, não conseguindo superar o sul-africano Jordy Smith, que venceu o confronto deixando o brasileiro e o local Kauyli Vaast na repescagem. Caio Ibelli e Griffin Colapinto, tiveram o mesmo destino e terão de enfrentar a repescagem após serem derrotados pelo wildcard Mihimana Braye. Griffin ocupa atualmente a terceira posição no ranking e deve assumir a segunda colocação já que o vice-líder Ethan Ewing sofreu lesão e acabou ficando de fora da etapa do Taiti, virando dúvida até para o Finals.

Vestindo a lycra amarela, Filipe Toledo demonstrou autoridade em sua bateria, dominando o confronto com o australiano Liam O’Brien e o taitiano Matahi Drollet. Seu somatório o confirmou como líder da temporada regular, uma vez que sua pontuação não pode mais ser ultrapassada por ninguém, independente do resultado dessa etapa.

Filipe Toledo garantiu a primeira colocação no ranking regular de 2023. Foto: Beatriz Ryder/World Surf League)

Mas o destaque do dia ficou para a bateria 6 do round 1, onde Gabriel Medina deu show, conquistando uma sólida pontuação total de 16.10, deixando os havaianos Seth Moniz e Barron Mamiya para trás, que agora competirão na repescagem.

Em outro ponto alto da competição, John John Florence venceu sua bateria de estreia, mantendo vivas suas chances de classificação para o Finals. Ele superou Kanoa Igarashi e Rio Waida, mostrando mais uma vez muita conexão com a onda taitiana.

Tati vence, mas está fora do Finals Five

tati teahupoo
Tatiana Weston-Webb vence sua bateria, mas fica de fora do Finals Five Foto: Damien Poullenot/World Surf League

Tatiana Weston-Webb se destacou na primeira rodada de Teahupoo, vencendo sua bateria e garantindo seu lugar nas quartas de final. No entanto, mesmo com sua vitória, suas esperanças de título foram encerradas devido ao desempenho da norte-americana Caitlin Simmers. Tati, que precisava ganhar o título para avançar, também tinha que torcer contra Caitlin Simmers. A norte-americana, no entanto, venceu a primeira rodada e encerrou as chances da brasileira.

Simmers superou Gabriela Bryan e Molly Picklum logo na primeira bateria da etapa de Teahupoo. A norte-americana de apenas 17 anos ocupa, atualmente, a 5ª colocação no ranking feminino. Caitlin conseguiu a vitória na etapa de Saquarema, no Rio de Janeiro.

Apesar da frustração por estar fora da disputa do título mundial de 2023, a etapa de Teahupoo também está servindo como um treino de luxo para as Olimpíadas de Paris 2024, já que a disputa acontece no solo da Polinésia Francesa. Tatiana já está classificada para os Jogos Olímpicos por ser a única brasileira no ranking da elite do surfe mundial.

O Tahiti Pro 2023 é transmitido ao vivo no site WorldSurfLeague.com, bem como pelo Aplicativo e Canal da World Surf League (WSL) no YouTube. No território brasileiro, todas as etapas do Circuito Mundial também serão disponibilizadas ao vivo nos canais SporTV (mediante assinatura) e no Globoplay (plataforma de streaming).

Resultados do round 1

Round 1 Feminino

1 Molly Picklum (AUS) 4.50 x Caitlin Simmers (EUA) 7.00 x Gabriela Bryan (HAV) 5.27

2 Carissa Moore (HAV) 5.86 x Tatiana Weston-Webb (BRA) 8.50 x Aelan Vaast (FRA) 2.96

3 Tyler Wright (AUS) 0.97 x Stephanie Gilmore (AUS) 4.73 x Vahine Fierro (FRA) 13.43

4 Caroline Marks 6.33 (EUA) x Lakey Peterson (EUA) 4.46 x Johanne Defay (FRA) 6.13

Round 1 Masculino

1 Yago Dora (BRA) 10.50 x Ian Gentil (HAV) 9.06 x Kelly Slater (EUA) 9.34

2 João Chianca (BRA) 6.80 x Jordy Smith (AFS) 11.93 x Kauli Vaast (FRA) 4.07

3 Griffin Colapinto (EUA) 10.67 x Caio Ibelli (BRA) 7.67 x Mihimana Braye (TAI) 12.60

4 Filipe Toledo (BRA) 11.00 x Liam O’Brien (AUS) 8.96 x Matahi Drollet (TAI) 7.07

5 Gabriel Medina (BRA) 16.10 x Barron Mamiya (HAV) 11.94 x Seth Moniz (HAV) 12.50

6 John John Florence (HAV) 14.00 x Kanoa Igarashi (JAP) 7.66 x Rio Waida (IND) 0.97

7 Jack Robinson (AUS) 15.57 x Connor O’Leary (AUS) 11.70 x Callum Robson (AUS) 11.33

8 Leonardo Fioravanti (ITA) 16.93 x Ryan Callinan (AUS) 8.66 x Matthew McGillivray (AFS) 10.17

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias