25 C
Papeete
terça-feira, 23 julho, 2024
25 C
Papeete
terça-feira, 23 julho, 2024

Brasileiro que agrediu surfista em Bali tem histórico de agressão a mulher

Enquanto o mundo do surf se indigna com a atitude do brasileiro que agrediu uma surfista em Bali, novas histórias vão surgindo. O brasileiro, que se chama João Paulo Azevedo, conhecido como JP Azevedo, agrediu com um soco na nuca a surfista estadunidense Sara Taylor, após uma confusão na água, em Bali, na manhã desta quinta-feira.

Ao jornal A Gazeta do Espírito Santo, JP Azevedo, que é capixaba, disse que “confundiu Sara com um homem” e que, segundo ele, ela teria jogado água em seu rosto e, então, ele desferiu o soco”. Ainda, ao jornal, JP disse que o vídeo foi editado e que ele teria sido agredido primeiro, na praia, pela surfista e um amigo.

Contudo, Carol Braga, uma ex-namorada de Azevedo, se pronunciou para dizer que o surfista tem um histórico de agressão a mulher no Brasil. Em sua conta no Instagram, Carol revelou que namorou o surfista de 2018 a 2019. Segundo seu depoimento, eles terminaram o relacionamento após ela ter sido violentamente agredida, indo parar no hospital com traumatismo craniano.

Eu namorei o JP Azevedo em 2018 e 2019. Terminamos quando ele me agrediu fortemente. Fui parar em um hospital com traumatismo craniano. Fiquei com tanta vergonha de tudo e principalmente da minha filha que tanto amo. (…) Enfim, acabei me isolando por quase 3 meses em uma pousada no Rio, até saírem as marcas físicas. Mas as do coração… essas ainda duram. Muito difícil tudo isso.. até pq eu o amei… Hoje, depois de tais notícias, resolvi me pronunciar e me expôr. Não sei se estou fazendo o certo. Me perdoe filhinha se você não gostar. Desejo mais paz no mundo”.

No fim da tarde desta quinta-feira, começou a circular em grupos de WhatsApp um vídeo de JP Azevedo em que o brasileiro pede desculpas pelo ocorrido e repete a versão publicada no jornal A Gazeta. Ele disse também que o vídeo da estadunidense teria sido editado e não mostra momentos em que supostamente ele foi agredido.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias