Publicidade:

Bombas de maio na Laje da Jagua. VÍDEO

No último mês de maio, a região sul do Brasil recebeu muitas ondulações. Entre os diversos picos beneficiados, a lendária onda de Jaguaruna – ou Laje da Jagua -, no litoral sul do estado, rendeu algumas bombas para um seleto grupo de surfistas, entre eles João Paiva, 52,  Marquito Moraes, 41, e a equipe Jagua Boys.

Um vídeo postado no canal Barulho do Mar (que você assiste abaixo), que dá nome ao projeto encabeçado por Marquito Moraes e João Paiva, registra as missões em sessões extremas desses surfistas atirados.

Veja também: 
+ Ciclone Potira movimenta a Laje da Jagua
+ Entenda como funcionam as ondas da Laje da Besta

Segundo João Paiva, o surf na Jaguá é sempre uma experiência densa e intensa, aliada a uma logística cara e trabalhosa.

Desde a saída de Garopaba antes do dia clarear, os 200 km rodados até Jaguaruna, mais a navegação com jet skis por 20 minutos até chegar no pico das ondas. Tudo sempre com espírito de união, de acordo com Paiva, “a regra de ouro no surf de ondas grandes”.

Solta o vídeo abaixo, caro (a) leitor (a), e confira as imagens desta onda que não é brincadeira, sobretudo a direita, de acordo com Marquito. De alguma forma, ficamos drenados só de apertar play. Mas, é aquela coisa: um vacilo e você pode ser esmagado.

Assista:

Marquito e Jo são dois amigos que nasceram no litoral do Rio Grande do Sul, aonde tiveram contato com o surf, e atualmente moram em Garopaba, Santa Catarina, e juntos tocam o @projetobarulhodomar.

Vídeo filmado e editado por: Pietro França
Drone: Pedro Felizardo

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias

Tubarões surfam correntes oceânicas para...

Uma equipe de pesquisadores Florida International University (FIU) chegou à conclusão de que tubarões...

Surf olímpico de 2032 poderá...

Qual se o surf olímpico de 2032 fosse disputado nas ondas da Gold Coast? Bem,...

Guia das Olimpíadas: tudo sobre...

O skate estreia nas Olimpíadas de Tóquio em julho de 2021. Essa introdução é...

Skate downhill: velocidade máxima na...

Poucas coisas são mais intensas do que descer uma estrada de serra de skate...