26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024
26 C
Papeete
domingo, 19 maio, 2024

Barton Lynch dispara: “Envio um chamado para o amor… O surf é sobre ‘stoke'”

Barton Lynch, australiano, campeão do ASP World Tour de 1988, muito notado pelo surfe radical e fluído, passou 13 anos consecutivos no Top 16, ganhando a reputação de brilhante competidor tático.

Em um post publicado na última terça-feira, 30, em seu Instagram, Barton Lynch escreve o seguinte texto (que foi traduzido, adaptado e editado pela HARDCORE, a partir da fala de Lynch):

“Espero que vocês estejam tendo um ótimo dia, onde quer que estejam nesse mundo.

Tive a chance de assistir às baterias da quartas de final, de Medina x Ewing, e da final, de Griffin x Italo, assisti tantas vezes, pra tentar ser claro sobre como me sinto sobre isso tudo.

O que mais me emocionou foi a questão da violência e das ameaças que vi na internet, de as pessoas que parecem que estão se sentindo se estivessem….. como conheço esses juízes pessoalmente, e embora eu possa nem sempre concordar com suas decisões e notas, o que sei é que eles estão tentando fazer o melhor que podem, é um trabalho difícil, it sucks, então, quero ser claro primeiramente que não acredito que haja corrupção intencional ou roubo de qualquer tipo, o que sei, é que estamos falando sobre um esporte subjetivo artístico, que pode ser visto sob tantos olhos diferentes e emoções, dependendo de onde você é, como você se sente como indivíduo, as suas próprias disposições; como você olha o mundo influencia a maneira com a qual você olha as ondas…. Não estou vendo as ondas como um australiano ou brasileiro, ou juiz, estou tentando dizer como eu, com clareza, sem emoções, tentando entender de onde os pontos poderiam ter vindo… aceitação, respeito, compreensão, isso é o surfe.

Olha, isso não é nem algo que realmente importa no contexto do mundo nesse tempo que vivemos.

Nesse ponto de tempo, você olha o mundo para o qual estamos vivendo: está em curso uma agenda para nos roubar democracia e liberdade e direitos individuais. No contexto do mundo, o mais importante é sermos gentis uns com os outros, ao invés de nos ameaçarmos por conta de competições, por exemplo…

Para todos os amigos do mundo, sobretudo no Brasil, envio um chamado para o amor… O surf é sobre “stoke”. Nós, que vivemos o surfe, somos capazes de compartilhar a alegria de ir para o oceano, de ir para a natureza, interagir com as ondas… essa é a sensação para nós surfistas compartilharmos uns com os outros…”

Assista ao vídeo:

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Barton Lynch (@barton_lynch)

Entre muitos feitos na carreira, Barton Lynch criou o Surfers Group (uma empresa de consultoria multifacetada) e foi escolhido para treinar o time australiano para os Jogos de Surf ISA.

Ao explicar sua experiência, Lynch disse: “Adoro treinar jovens australianos e tentar injetar a paixão que tenho para manter nossa posição como a principal nação do surf”.

Recentemente Lynch teve uma dissidência com a WSL e afastou-se do cargo de analista na equipe de comentários da cobertura do circuito mundial da WSL.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias