21.6 C
Hale‘iwa
quinta-feira, 29 fevereiro, 2024
21.6 C
Hale‘iwa
quinta-feira, 29 fevereiro, 2024

Barron Mamiya e Caitlin Simmers vencem Lexus Pipe Pro

Em uma final 100% havaiana, Barron Mamiya conquistou seu segundo título em etapas do Championship Tour (CT) ao vencer o Lexus Pipe Pro. No último dia da janela do evento, as condições estavam favoráveis, com ondas variando entre 6 a 8 pés, proporcionando um palco ideal para a disputa entre Mamiya e o bicampeão mundial, John John Florence. Mamiya sagrou-se campeão com um somatório de 16, superando os 15.67 de seu compatriota.

O embate começou com ambos surfistas completando tubos nos primeiros 2 minutos da final de 35 minutos. John John foi para Backdoor, abrindo com 7.33 pontos contra os 6.00 de Barron. No entanto, o ponto alto da final veio aos 7 minutos, quando ambos voltaram a Pipeline. John John utilizou sua prioridade para um tubo curto e robusto, enquanto Barron, indo fundo numa onda buraco, saiu após a baforada. O bicampeão mundial somou 8.00, mas Barron alcançou a perfeição com um 10 unânime no somatório.

Com a necessidade de 8.01 pontos para a vitória, John John tentou alguns tubos, sem sucesso. Apesar de ser favorito, o bicampeão mundial acabou a disputa com as notas de 8 e 7.33 que não foram suficientes para superar o compatriota. Com essa vitória, Mamiya começa o ranking de 2024 com a lycra amarela.

A próxima parada do Circuito Mundial de Surf será em Sunset Beach, no Havaí, de 12 a 22 de fevereiro. Barron Mamiya, impulsionado pela recente vitória no Pipe Pro 2024, deve chegar com motivação redobrada para encarar os desafios da etapa. Vale destacar que Mamiya já conquistou o título em Sunset Beach em 2022. A expectativa é alta para ver como o surfista havaiano irá se sair no evento.

+ Previsão indica Sunset enorme para o Hurley Pro, mas com ventos errados.

Caitlin Simmers campeã do Lexus Pipe Pro

Foto: Tony Heff/World Surf League

A jovem norte-americana Caitlin Simmers, sensação do Championship Tour (CT), conquistou o título do Lexus Pipe Pro 2024. No confronto decisivo deste sábado, 10 de fevereiro, Simmers enfrentou a australiana Molly Picklum, em uma final que ficará marcada pela intensidade e atitude das duas atletas. Com ondas desafiadoras de 6 a 8 pés, Caitlin Simmers alcançou um somatório de 12.66 contra os 10.64 de Molly Picklum.

Ambas as competidoras exibiram um desempenho impressionante ao longo do evento, mas foi no último dia que elas realmente se destacaram, enfrentando as ondas perigosas de Pipeline com coragem e técnica. O confronto final foi eletrizante, com Molly Picklum surfando um tubo para Backdoor que rendeu a melhor onda da disputa, um 9.27. Na sequência, a jovem de apenas 18 anos respondeu com um 8.83 também para Backdoor.

A australiana chegou a tentar mais alguns tubos, mas não conseguir achar a saída. Com isso, Simmers levou a melhor no somatório, já que sua segunda melhor onda foi um 3.83, enquanto a de Molly foi apenas 1.37.

Apesar de Pipeline ser uma das ondas mais difíceis e perigosas do mundo, tanto Caitlin Simmers quanto Molly Picklum não hesitaram em se lançar nos tubos, proporcionando um espetáculo memorável aos espectadores. Destaque para a onda da australiana, que rendeu um impressionante 10, surfando de backside para Pipeline na semifinal contra a havaiana Bettylou Sakura Johnson.

Caitlin Simmers também deixou sua marca nas quartas de finais com um 9.17 contra a brasileira Tatiana Weston-Webb. Definitivamente, ambas as atletas elevaram o nível do surf feminino na competição.

Quanto às representantes brasileiras, tanto Tatiana Weston-Webb quanto Luana Silva encerraram suas participações nas quartas de finais.

Mais informações em nossas próximas atualizações.

Final Feminina

Caitlin Simmers (EUA) 12.66 x 10.64 Molly Picklum (AUS)

Semifinal

1 Caitlin Simmers (EUA) 7.67 x 2.84 Brisa Hennessy (CRI)

2 Molly Picklum (AUS) 15.60 x 15.33 Bettylou Sakura Johnson (HAV)

Quartas de final

1 Caltlin Simmers (EUA) 15.84 x 5.36 Tatiana Weston-Webb (BRA)

2 Brisa Hennessy (CRI) 4.00 x 0.97 Luana Silva (BRA)

3 Bettylou Sakura Johnson (HAV) 15.70 x 6.50 Caroline Marks (EUA)

4 Molly Picklum (AUS) 12.50 x 6.63 Johanne Defay (FRA)

Final Masculina

Barron Mamiya (HAV) 16.00 x 15.33 John John Florence (HAV)

Semifinal

1 Barron Mamiya (HAV) 18.84 x 7.43 Connor O Leary (AUS)

2 John John Florence (HAV) 16.10 x 7.16 lan Gentil (HAV)

Quartas de final

1 Connor O’Leary (AUS) 11.50 x 2.73 Ethan Ewing (AUS)

2 Barron Mamiya (HAV) 14.50 x 4.33 Jordy Smith (AFR)

3 lan Gentil (HAV) 12.00 x 7.67 Imaikalani deVault (HAV)

4 John John Florence (HAV) 13.67 x 10.33 Leonardo Fioravanti (ITA)

 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias