26 C
Papeete
domingo, 21 julho, 2024
26 C
Papeete
domingo, 21 julho, 2024

Avelino Bastos lança Rubber Tech de olho nas piscinas de surf

Avelino Bastos, shaper conhecido por suas contribuições marcantes no universo do surf, lança sua mais recente criação, a Rubber Tech. Em um mercado movimentado por constantes avanços tecnológicos, a nova prancha promete ser ideal para os desafios do surf em piscinas.

A trajetória de Avelino Bastos como shaper remonta a 1976, quando ele shapeou sua primeira prancha. Ao longo das décadas, seu comprometimento com a evolução técnica e a busca pela excelência o consolidaram como um dos principais shapers do Brasil.

Responsável pelas pranchas de surf da Tropical Brasil, Concept, Hero e JS no Brasil, Avelino deixou sua marca moldando pranchas para nomes importantes do surf, como David Husadel, Teco Padaratz e Fabio Gouveia.

Em um vídeo publicado no YouTube, Avelino compartilha a motivação por trás da Rubber Tech. Ele destaca o crescente interesse pelo surf em piscinas de ondas em todo o mundo, mencionando a demanda por uma prancha adaptada a esse ambiente desafiador.

“As pessoas não sabem disso, mas as pranchas de piscinas quebram muito. Elas batem na parede, batem no fundo, batem nas pessoas e nem todo mundo sabe surfar muito bem, então a gente pensou numa prancha que pudesse bater sem quebrar”, conta ele no vídeo. “A gente quis criar uma prancha com mais durabilidade, uma performance indicada para esse novo conceito de surf das piscinas e que pudesse ficar entre essas pranchas de soft e as pranchas de fibras convencionais”.

+ WSL anuncia competição em piscina de ondas na Ásia

A Rubber Tech, conforme apresentada por Avelino Bastos no vídeo, é uma prancha feita com um material desenvolvido pelo próprio shaper, em que se usa os mesmos blocos das pranchas Tropical Brasil, com dois cordões de resistência em cima e dois embaixo, além de laminação de resina epoxi.

Criada para iniciantes, mas com elementos de pranchas para surfistas avançados, o equipamento promete resistência, durabilidade, boa capacidade de remada e velocidade, adaptando-se ao estilo de cada surfista e a diversas características de ondas.

Com um bico mais arredondado, a Rubber Tech conta com uma borda macia de EPE, tela de reforço no deck e copinho compatível com quilhas FCS1 e 2. O equipamento pode ser feito com diversas rabetas.

Características destacadas da Rubber Tech:

  1. Durabilidade: A tecnologia de absorção de impactos promete resistência, minimizando os danos comuns enfrentados em ambientes de piscinas. Isso porque as pranchas comuns de fibra acabam quebrando facilmente e, como mostra Avelino Bastos no vídeo, a Rubber Tech, que é feita de espuma, é muito mais resistente a quedas e pancadas.
  2. Performance: A Rubber Tech é apresentada como uma fusão equilibrada de tecnologia, leveza, resistência, flexibilidade e estilo, visando proporcionar uma experiência de surf versátil em diversos tipos de ondas. Trata-se de um modelo novo que fica entre a prancha de soft e a prancha de fibra convencional e, portanto, é ideal para iniciantes, mas também para quem busca executar boas manobras.
  3. Maior Segurança: Em caso de levar uma pranchada, o surfista não se machuca, graças a tecnologia de absorção de impactos

A Rubber Tech surge como uma adição intrigante ao mercado de pranchas de surf. Seu lançamento reflete a busca por soluções que possam impulsionar a experiência do surfista moderno.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias