26 C
Papeete
domingo, 21 julho, 2024
26 C
Papeete
domingo, 21 julho, 2024

Administração municipal contesta presidente e quer manter Jogos em Teahupo’o

A administração pública de Taiarapu-Ouest, comuna no Taiti onde está localizada a onda de Teahupo’o, não reagiu bem à proposta do presidente da Polinésia Francesa, Moetai Brotherson, para a mudança de local das disputas olímpicas para outro pico de surf.

Segundo reportagem do site francês L’Équipe, Brotherson propôs que a competição seja transferida para o beach break de Taharuu, em Papara, evitando assim a instalação da polêmica torre de alumínio para abrigar os juízes e imprensa em cima da bancada de coral de Teahupo’o.

Apesar de necessária, pois em Teahupo’o a onda quebra bastante longe da costa, a nova estrutura de alumínio tem uma grande dimensão e segundo os locais, será potencialmente prejudicial à vida do recife de coral sobre o qual será erguida, prejudicando assim pesca, que é a subsistência de muitas famílias daquela comunidade. Diversos protestos têm sido realizados por moradores pedindo que uma torre menor, em madeira, como a utilizada pela WSL nos eventos do CT, seja instalada no local.

No entanto, o COJO (Comitê de Organização dos Jogos Olímpicos) tem se posicionado de forma favorável à instalação da torre de alumínio, apesar de já aceitar estudar possibilidade de modificações na antiga estrutura de madeira utilizada nos eventos em Teahupo’o.

Mas o impasse permanece e diante dessa situação é que surgiu a proposta de Moetai Brotherson para a mudança de local. No entanto essa solução também não agrada aos moradores, ou pelo menos, à administração municipal da região.

Em um comunicado de imprensa divulgado em sua página oficial no Facebook, a comuna de Taiarapu Oeste reiterou seu desejo de que os Jogos Olímpicos ocorram em Teahupoo no próximo ano em resposta à declaração do presidente Brotherson:

A comuna ressalta que os investimentos financeiros e humanos realizados ao longo de mais de dois anos, tanto pelo setor privado quanto pelo público, não devem ser afetados por boatos infundados, que geram confusão e inquietação na população local”, esclarece o comunicado da Prefeitura. “Questionamos os verdadeiros objetivos por trás dessa manipulação, cujas preocupações ambientais poderiam ter sido levantadas durante as recentes reuniões públicas.”

A Prefeitura conclui sua posição afirmando: “Caso as medidas adotadas visem transferir os Jogos Olímpicos para Papara, a comuna de Taiarapu-Ouest posiciona-se claramente a favor da manutenção dos Jogos Olímpicos em Teahupo’o.”

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias