Publicidade:

A maior onda do hemisfério sul será construída em Perth

Com 150 metros de comprimento a onda artificial do Cockburn Wave Park, em Perth, na Austrália, será a mais longa de todo o hemisfério sul e ser construída com a tecnologia Wavegarden.

O projeto, que custará mais de 65 milhões de euros, ficará pronto no início de 2025.

Esta onda será construída em terras do governo na cidade de Cockburn. O governo do estado e a empresa Aventuur, assinaram contrato de arrendamento de 21 anos para o projeto, com opção de prorrogação por mais 17 anos.

>>> Construção da primeira piscina de ondas em SP começa em abril

A ministra do Planejamento, Rita Saffioti, insistiu que, embora o projeto tenha recebido o status de “projeto importante para o estado”, será rigorosa com estudos de impacto ambiental.

Atrás da Aventuur está Andrew Ross, fundador da Urbnsurf, que após a construção do Wavegarden em Melbourne, deixou a empresa para ingressar neste último e, no processo, ganhar os direitos sobre a tecnologia Wavegarden.

Há cinco anos a Urbnsurf planejou a construção de uma onda artificial em Perth, mas encontrou grande oposição dos vizinhos de Alfred Cove e finalmente em 2019 o governo do Oeste Australiano indeferiu um pedido de arrendamento do terreno, que enterrou definitivamente o projeto.

>>> Conheça essa piscina de ondas perfeitas no Japão

O governo de WA espera que o parque de ondas crie empregos locais e apoie a indústria do turismo, atraindo muitos surfistas da região.

“O surf está profundamente enraizado na cultura de Perth”, disse ele. “Mas ser um surfista de Perth é realmente uma escolha de carreira muito desafiadora. Muitas vezes temos ondas muito ruins, condições calmas ;temos picos cheios quando as ondas estão boas. O Perth Surf Park será um divisor de águas nesse sentido, permitindo ondas perfeitas para todos, desde iniciantes a surfistas profissionais.”

Perth wavegarden

O parque de ondas terá ainda um clube de praia, cafetarias e várias instalações.

As ondas serão criadas por 56 pistões, equivalentes aos da onda sul-coreana, que empurram a água para os dois lados de um píer em forma de leque para surfar ondas de até 150 metros de comprimento e 18 segundos de duração. O parque de ondas de Melbourne tem 46 pistões e será de 30 a 40 metros mais curto.

A empresa explicou que a piscina de ondas consumirá a mesma quantidade de água que um campo de golfe para três buracos. Os preços para uma sessão de uma hora provavelmente variam de A$ 50 a A$ 120.

A Aventuur espera obter aprovação de desenvolvimento nos próximos meses, com as primeiras ondas chegando no final de 2024 e abrindo ao público no início de 2025.

Estima-se que o parque de ondas atraia 300.000 visitantes anualmente e contribua com US$ 250 milhões para a economia do estado ao longo da vida do projeto.

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias