23 C
Papeete
terça-feira, 23 julho, 2024
23 C
Papeete
terça-feira, 23 julho, 2024

20 anos depois, Bethany Hamilton reflete sobre como ataque de tubarão abriu novos caminhos na sua vida

Bethany Hamilton é uma lenda do surf, não apenas por suas habilidades nas ondas, mas principalmente por sua incrível história de superação. Em 31 de outubro de 2023, completam-se 20 anos que ela enfrentou um ataque de tubarão-tigre em sua praia local, Tunnels Beach, Kauai, no Havaí, perdendo seu braço esquerdo. Mesmo diante de tamanha adversidade, Bethany não desistiu de prosseguir na carreira com a qual sonhava, a de surfista profissional.

A surfista recentemente compartilhou suas reflexões sobre o incidente em suas redes sociais:

“Este mês marca 20 anos desde um dos momentos mais impactantes da minha vida, quando um tubarão levou meu braço enquanto eu surfava na costa de Kauai, o lugar que eu nasci. Muitas pessoas poderiam ver o incidente em 2003 como um grande revés para mim, mas Deus tinha tantas coisas reservadas para o futuro! 🤙🏼

É absolutamente incrível pensar em como minha vida começou e onde está agora, com todos os momentos incríveis e desafiadores no meio. Não acordei no hospital achando que era invencível e que voltaria a surfar. Depois de uma faísca de esperança, tive que sonhar, mudar minha mentalidade e estar disposta a fazer o que não tinha visto ninguém mais fazer. Isso foi um desafio para viver na fé. E estou tão feliz por ter estado disposta a tentar e dar o meu melhor! Agora posso surfar com meus dois filhos mais velhos, Tobias e Wesley, e meu marido! Posso aproveitar esses momentos doces com minha filha recém-nascida. Há tanto pelo que ser grata, e esses últimos 20 anos foram repletos de momentos incríveis e temporadas de grandes superações.

Quando você passar por seus momentos de ‘Ataque de Tubarão’ na vida, espero que esteja disposto a tentar e dar o seu melhor! Você também PODE SUPERAR!”

A história de Bethany Hamilton é marcada pelo ataque de tubarão e por sua notável volta ao surf de competição apenas alguns meses após o incidente. Ela se tornou uma referência como surfista e sobrevivente. Seu filme biográfico, “Unstoppable,” lançado em 2018, mergulha profundamente em sua jornada, desde o trágico ataque até as conquistas que se seguiram.

Em uma entrevista ao jornal inglês The Guardian, Bethany revelou que o filme originalmente era planejado como um curta de 10 minutos para promover o surf feminino. No entanto, ao longo de sete anos de produção, o projeto se transformou em um documentário de 100 minutos que captura a verdadeira essência de sua vida. Grávida de seu primeiro filho durante as filmagens, Bethany oferece uma visão honesta dos desafios que enfrentou, incluindo a pressão para retornar ao surf de elite apenas sete semanas após dar à luz.

O filme destaca não apenas sua habilidade como surfista, como evidenciado ao enfrentar ondas de 60 pés em Jaws com apenas um braço, mas também sua influência como sobrevivente e defensora do surf feminino. Bethany compartilha suas lutas ao lidar com a dinâmica muitas vezes desafiadora da majoritária presença masculina nos picos de surf.

A surfista, agora aos 33 anos, continua a desafiar expectativas e a inspirar pessoas em todo o mundo. Seu documentário “Unstoppable” oferece uma visão única e poderosa de sua vida, abordando não apenas os momentos dramáticos, mas também os desafios cotidianos que ela enfrenta como mãe e esposa.

+ Tradicional pico do surf gaúcho, Píer de Atlântida desaba

Bethany Hamilton permanece uma força imparável no mundo do surf, lembrando a todos que, mesmo diante dos momentos mais desafiadores, é possível superar e triunfar. Sua trajetória vai além do talento nas ondas; ela é um dos mais notáveis exemplos vivos de resiliência, fé e inabalável determinação.

 

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias