O principal campeonato de ondas grandes do Brasil rolou nesta segunda-feira (21), em bombas de até seis metros de face na praia do Cardoso, Laguna (SC). Lucas “Chumbinho” Chianca foi o grande vencedor.

Foi um dos melhores eventos de ondas grandes já realizados no Brasil. Com séries constantes e um tamanho de ondas pouco visto no Brasil, o campeonato teve praticamente o mesmo nível da última etapa do Big Wave Tour da WSL – que é parceira do Mormaii Big Wave. A Praia do Norte pode receber ondulações maiores, mas ondas como as que rolaram no Cardoso nessa segunda foram suficientes para a organização colocar as baterias na água em Portugal.

No campeonato, o nome mais “quente” do big surf competitivo acabou se sobressaindo. Lucas, já famoso pelo domínio de air-drops “calculados” em ondas de consequência, mostrou um controle acima da média nas ondas gigantes, inclusive ao ponto de tentar manobras tradicionais, como um floater suicida – mesma estratégia que deu a ele o troféu do Nazaré Challenge. Pela vitória, Chumbinho volta para casa com um cheque de 20 mil dólares.

Lucas não foi o único integrante do BWT a participar do campeonato em Santa Catarina. O chileno Cristian Merello, que ficou entre os 12 melhores na etapa de Jaws, terminou na terceira posição do Mormaii Big Wave e estava satisfeito com sua primeira experiência com surf de ondas grandes no Brasil. Além dele, o carioca Pedro Calado também participou, mas acabou não avançando à final.

O ex-top do WT Paulo Moura, que marcou presença nas grandes ondulações que atingiram as regiões norte e nordeste, foi o quarto colocado, e Caio Vaz, presença constante quando o mar sobe em Jaws, foi o quinto. O segundo colocado foi Marcos Monteiro, tio de Chumbo, foi o vice-campeão, e Vinícius dos Santos completou a final com a sexta colocação.

Rodrigo Koxa, recém chancelado dono da maior onda surfada na história, também participou do campeonato, mas não avançou à final.

Mormaii Big Wave 2018

Resultado

1 Lucas “Chumbinho” Chianca
2 Marcos Monteiro
3 Cristian Merello

4 Paulo Moura
5 Caio Vaz
6 Vinicius dos Santos

Rodrigo Koxa (James Thisted/Divulgação)

Pedro Calado (James Thisted/Divulgação)

Qual o tamanho dessa onda? (James Thisted/Divulgação)

Cristian Merello (James Thisted/Divulgação)

Lucas Chianca (James Thisted/Divulgação)

 

MAIS SOBRE BIG SURF:

A maior onda da história: Rodrigo Koxa consagrado no XXL

Lucas Chumbo campeão da etapa do BWT em Nazaré

Ondulação gigante deixa rastro de destruição em Mavericks