Publicidade:


Publicidade:

Yago Dora deslancha e lidera o segundo dia em Teahupoo

Novamente um surfista brasileiro fez a melhor apresentação do dia no Tahiti Pro Teahupoo, sétima etapa do Circuito Mundial Masculino de Surf da WSL. O destaque da vez foi Yago Dora, que surfou na última bateria do dia nesta segunda (13), contra o também brasileiro Tomas Hermes, e somou 14,57 pontos, com 8,50 na melhor onda, uma aéreo rodando muito parecido com o que Gabriel Medina acertou no primeiro dia (assista no final do texto).

Veja também: Filipe Toledo é o melhor do primeiro dia em Teahupoo

Outro destaque no dia foi o australiano Owen Wright, dono da segunda média mais alta (7,50, 14,27). Owen surfou numa hora do dia em que os tubos ainda estavam rolando na bancada e mostrou porque é tradicionalmente apontado como favorito na etapa taitiana.

Foi um dia, em geral, ainda pior do que o domingo, com ondas muito aquém do esperado para Teahupoo, tanto em tamanho quanto em qualidade. Tanto que, além de Yago e Owen, apenas mais três surfistas conseguiram tirar uma nota na casa dos sete pontos: Griffin Colapinto (7,23, 11,06), Michael Rodrigues (7,17, 12,90) e Ian Gouveia (7,00, 12,27).

Apesar de fazer a melhor nota no duelo, o candidato a estreante do ano Griffin Colapinto foi superado por Ian Gouveia na que foi apenas a terceira bateria vencida pelo brasileiro em todo o ano na elite.

O suspense para o anúncio da nota final de Griffin (seu 7,23) foi uma boa amostra da inconsistência das ondas  e da competitividade dos atletas, em geral, no dia. O californiano precisa de 8,84 pontos para virar, e após um tubo razoável, a nota parecia alcançável. O score acabou vindo mais de um ponto e meio abaixo do necessário. O resultado foi justo: Ian é melhor tube rider e sabe lidar melhor com esquerdas cavadas.

Mais tarde, Ian demonstrou mais um de seus talentos, a clarividência. Convidado para a comentar a bateria de Jessé Mendes e Sebastian Zietz, o catarinense cravou: Yago Dora vai acertar um aéreo na próxima. Dito e feito.

O aéreo reverse de Yago foi a única nota incontestável, o único score claro do dia, e apenas porque as condições do mar na hora em que caiu simplesmente não eram Teahupoo.

Michael Rodrigues comprovou que nível de sobra para a elite e pegou o que deve ter sido o terceiro ou quarto tubo da sua vida na bancada para despachar o havaiano Keanu Asing. Vai brigar com Wade Carmichael, Willian Cardoso e Griffin até a etapa de Pipeline pelo troféu de Rookie of the Year mais disputado dos últimos tempos.

Jessé Mendes protagonizou o momento de maior emoção ao virar sobre Sebastian Zietz com uma onda que terminou de surfar depois de soar a buzina do final da bateria.

Miguel Pupo achou bons tubos mas perdeu em uma bateria de notas irregulares e difíceis de avaliar contra Mikey Wright.

Depois da bateria de Yago, o comissário Kieren Perrow paralisou o evento e anunciou uma nova chamada para depois de uma hora, quando tornariam a avaliar o mar. Nenhuma melhora foi constatada e o dia terminou por aí – mais uma vez um tanto decepcionante. E a previsão não é exatamente animadora. Próxima chamada nesta terça (14), às 14 horas no horário de Brasília.

Tahiti Pro Teahupoo – Resultados do Round 2
4. Mikey Wright 10,83 x 8,33 Miguel Pupo
5. Ian Gouveia 12,27 x 11,06 Griffin Colapinto
6. Owen Wright 14,27 x 6,00 Joan Duru
7. Michael February 7,67 x 7,60 Conner Coffin
8. Michael Rodrigues 12,90 x 11,37 Keanu Asing
9. Kanoa Igarashi 12,17 x 10,77 Matt Wilkinson
10. Jeremy Flores 9,90 x 9,70 Patrick Gudauskas
11. Jessé Mendes 10,03 x 9,70 Sebastian Zietz
12. Yago Dora 14,57 x 7,83 Tomas Hermes

Confrontos do Round 3:
1. Jordy Smith x Michael February
2. Michael Rodrigues x Ezekiel Lau
3. Wade Carmichael x Jessé Mendes
4. Owen Wright x Joel Parkinson
5. Adriano de Souza x Kanoa Igarashi
6. Filipe Toledo x Tikanui Smith
7. Gabriel Medina x Wiggolly Dantas
8. Kolohe Andino x Frederico Morais
9. Mikey Wright x Yago Dora
10. Michel Bourez x Connor O’Leary
11. Adrian Buchan x Jeremy Flores
12. Ítalo Ferreira x Ian Gouveia

Texto: Fernando Maluf
Imagens: WSL/Cestari/Reprodução

@yagodora celebrating #LeftHandersDay at the #TahitiPro 🚀

Uma publicação compartilhada por World Surf League (@wsl) em

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias

Italo Ferreira e o aéreo...

Em seu pós-bateria, Italo Ferreira vai até o armário dos competidores, coloca sua prancha...

Treino na Jaguaruna em véspera...

A equipe dos Jaguaboys realizou mais uma expedição off-shore em busca das grandes ondas...

“Parei com carne vermelha e...

O Circuito Mundial de Surf de 2021 começou com muitas mudanças para Gabriel Medina. Como...

Possível ataque de tubarão em...

Um bodyboarder está desaparecido desde a semana passada na África do Sul e as...