26 C
Papeete
segunda-feira, 15 julho, 2024
26 C
Papeete
segunda-feira, 15 julho, 2024

WSL vai mudar as regras do corte de meio de ano

Segundo informações apuradas pelo jornalista Diogo Mourã, do Ge.globo, a Liga Mundial de Surfe (WSL) fará importantes mudanças no calendário em 2025. O corte, que tradicionalmente ocorria na quinta etapa em Margaret River, Austrália, agora será realizado após a sétima ou até a oitava prova do ano.

Essa alteração visa beneficiar especialmente os surfistas novatos, que enfrentavam grande pressão nas primeiras etapas, principalmente por ser de ondas difíceis e que exigem conhecimento, como Pipeline. Muitos consideravam injusto que os novatos tivessem que lidar com essa pressão tão cedo na temporada.

+ Exaustão emocional tira Chloé Calmon do circuito mundial de longboard

Para efetivar essa mudança, a WSL precisou negociar com os organizadores da etapa australiana, que haviam renovado o contrato por três anos com a condição de que a diminuição de atletas no Tour continuasse a ser decidida em Margaret River. Segundo o jornalista, WSL teria pago uma multa para alterar a cláusula do contrato, permitindo assim que o corte seja feito em etapas posteriores.

Além disso, a Liga sinalizou que o WSL Finals será realizado em Cloudbreak, em 2025, e permanecerá nas ondas perfeitas de Fiji também em 2026 e 2027. Essa escolha foi bem recebida pela comunidade do surfe, que considera este um dos melhores locais do mundo para competições.

Com essas mudanças, a WSL espera proporcionar um ambiente mais justo e equilibrado para todos os competidores, permitindo que os novatos tenham mais tempo para se adaptar ao circuito e demonstrar seu potencial antes do corte decisivo.

Receba nossas Notícias no seu Email

Últimas Notícias