Publicidade:

“Vc tá extremamente gorda”: Surfista denuncia preconceito em rede social

A surfista carioca Stefany Ns, usou seu perfil no Instagram para denunciar uma manifestação de preconceito sofria por ela apenas por ser, na opinião do agressor, “uma surfista acima do peso”.

Hoje infelizmente recebi mensagens de um fake com comentários a respeito do meu corpo e o quanto ele está horrível nas minhas fotos surfando”, escreveu Stefany, explicando que uma pessoa criou um perfil falso apenas com o intuito de ofendê-la nas mensagens privadas da rede social.

Não deixa de ser irônico encontrar esse tipo de manifestação relacionada a um esporte que prega a liberdade, como é o caso do surf. No entanto, um olhar mais atento perceberá que raramente marcas do segmento divulgam seus produtos usando modelos que estejam fora dos padrões vigentes de magreza.

Muito fácil alguém se esconder atrás de um fake para falar o que me falou… espero muito que isso não me abale e que nenhuma outra pessoa passe por esse tipo de coisa… O ser humano está cada dia mais doente!”, escreveu Stefany em seu longo desabafo (veja a postagem ao final da matéria).

Ataques desse tipo, por mais inofensivos que pareçam, podem ter consequências sérias.

Em entrevista ao site Estadão, o neurocientista Fernando Gomes explica que piadas e comentários pejorativos reforçam o preconceito contra pessoas obesas:

Existe um pré-julgamento baseado na aparência física. Isso pode impactar na saúde mental dessas pessoas, além de reforçar o padrão, fazendo com que elas não saiam dessa situação. Isso atrapalha o auto cuidado porque a estética acaba sendo ponto de interesse e incentiva muitas pessoas a buscarem se alimentar melhor e praticarem atividade física, por exemplo”, esclarece.

Leia também:

+ Inglaterra declara guerra a bodyboards fabricados na China

+ Gabriel Medina entre os 50 atletas mais influentes do mundo

+ Waves We Surf: perfil colaborativo homenageia ondas em todo mundo

Felizmente, assim que resolveu externar o ataque que sofrera, a surfista foi amparada por um grande número de pessoas. Até o momento em que esse artigo está publicado, a postagem de Stefany já havia recebido mais de 900 mensagens de apoio e 3250 curtidas.

Vai ter mulher fora dos padrões no Outside, na Ladeira, no Bowl e onde mais ela quiser estar e pode ter a certeza que eu serei essa mulher!”, finaliza a surfista, mostrado que toda forma de preconceito deve ser encarada de frente e com coragem. Parabéns Stefany, keep surfing!

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Stefany (@stefany_ns)

Receba nossas Notícias no seu Email

+Notícias