Publicidade:

Publicidade:

Publicidade:

Documentário mostra que Robby Naish, afinal, é de carne e osso



O havaiano Robby Naish indiscutivelmente é um dos maiores watermen de todos os tempos.

Sendo assim, é de se esperar que filme biográfico sobre esse ícone dos esportes de água seja, no mínimo épico.

Contudo, “The Longest Wave”, dirigido por Joe Berlinger, mais conhecido por “Metallica: Some Kind of Monster”, desafia os estereótipos de filmes do gênero ao explorar o lado humano do ídolo.

Veja também: Em vídeo Kai Lenny mostra sua paixão pelo SUP

O que à primeira vista parece ser mais uma história de jornada gloriosa de um herói padrão, torna-se algo totalmente diferente e original.

De fato, a trajetória de Robby Naish é extraordinária e começou cedo. Aos treze anos ganhou seu primeiro campeonato mundial de windsurfe e não parou mais.

Robby Naish surfando de windsurf
Robby Naish em Jaws. Foto: Reprodução/ Red Bull Content

Ao todo, o havaiano foi 22 vezes campeão mundial de windsurfe e permaneceu no topo do esporte bem depois de seu quadragésimo aniversário.

Mas sua carreira não se resume ao windsurf. Naish foi protagonista no desenvolvimento de diversos esportes, como stand up paddle, hydrofoil e kitesurf.

Veja também: “She Is the Ocean” mergulha na conexão de 9 mulheres com o mar

Neste último, foi mais três vezes campeão do mundo, alcançando a impressionante marca de 25 títulos mundiais.

Não obstante, foi mentor e patrocinador por vários anos de Kai Lenny, que herdou de Naish o título de surfista mais versátil do planeta.

No entanto, até mesmo uma carreira tão vitoriosa abriga demônios ocultos, e é aqui que o diretor Berlinger deixa sua marca.

Com sua carreira competitiva em declínio, e enquanto atravessa um divórcio difícil, lesões e problemas financeiros, Naish propõe um novo desafio: surfar a mais longa onda.

Com as câmeras funcionando, Berlinger consegue entrar no mundo privado do ídolo, capturando um atleta que já alcançou o status de lenda, mas luta para se ajustar a uma vida ordinária.

Dessa forma, “The Longest Wave” transcende o gênero de esportes de ação, capturando uma lenda viva dos esportes de água equilibrando busca da excelência no mar com as demandas da vida.

Em tempos de vidas editadas por redes sociais, nada mais edificante do que constatar que até lendas vivas, afinal, são feitas de carne e osso.

O documentário está sendo exibido em festivais de cinema e entrará no circuito comercial em 2021. Confira o trailer:

+Notícias

Vale a pena surfar em...

Sabemos que a alimentação adequada é fundamental para a saúde, e quando abordada no...

Foi a melhor sessão de...

Será que o sábado, 16/01, foi o dia da melhor sessão de tow in...

Lar Mar: Felipe Arias deixa...

Aos poucos a comunidade do surf paulista e amantes do lifestyle praiano em geral...

Fotógrafo fratura as costas durante...

O fotógrafo australiano Ryan Moss fraturou as costas enquanto registrava imagens do swell histórico...